Com o objetivo de manter a memória viva do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, o filho do político, João Campos, de 20 anos decidiu mostrar a cara.
Em um discurso emocionante e bem treinado, João disse que a obra deixada por seu pai não pode acabar, fazendo com que muitas pessoas se emocionassem com as palavras o filho mais velho de Eduardo Campos.
O discurso aconteceu no último final de semana, na cidade de Garanhuns, terra natal do presidente Lula, durante um comício do candidato Paulo Gomes (PSB).
Discreto, João não deu detalhes sobre o seu futuro na política depois da morte do seu pai, em um acidente aéreo, na cidade de Santos, no dia 13 de agosto.
(DOL com informações do UOL)