Sábado, 06/09/2014, 17:50:28 - Atualizado em 06/09/2014, 18:36:58

Na primeira pesquisa eleitoral para governador, presidência da República, senador e deputados, feita em todo Estado pelo Instituto iVeiga Consultoria e Pesquisa, o resultado aponta que o candidato do PMDB ao governo, Helder Barbalho, mantém boa vantagem sobre seu concorrente direto ao cargo, o governador Simão Jatene (PSDB).
O instituto já havia realizado uma pesquisa de intenção de votos entre eleitores da Região Metropolina, que também apontou a liderança de Helder na corrida eleitoral, conforme publicada na semana passada pelo DIÁRIO.
Agora, a nova pesquisa, realizada entre os dias 01 e 05 de setembro, junto a 1.200 eleitores representativos das seis Mesorregiões do Estado do Pará (Baixo Amazonas, Marajó, Nordeste, Sudeste, Sudoeste, Metropolitana), com índice de confiança de 95% e margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos, indica que Helder tem 34% das intenções de voto, contra 27,3% de Jatene, na manifestação espontânea do eleitor, ou seja, aquela em que o pesquisador não apresenta ao pesquisado os nomes dos candidatos em disputa do cargo.
A diferença a favor de Helder, no confronto direto com Jatene, de acordo com os números, é de 6,7 pontos percentuais.
O candidato Marco Carrera (Psol) teve 1,8%; Marco Antonio (PCB), 1,6%; Zé Carlos (PV), 0,9%, e Elton Braga (PRTB), 0,4%. Os votos declarados como brancos e nulos somam 4,1%. Outros 30% dos pesquisados não quiseram ou não souberam dizer em quem votariam.Já na pesquisa estimulada, quando o eleitor se depara com os nomes dos candidatos, Helder também está na frente do atual governador: 39,8% a 32,4%, uma diferença de 7,4% de pontos. Marco Carrera (Psol) tem 2,0%; Marco Antonio (PCB), 1,1%; Zé Carlos (PV), 1%, e Elton Braga, 0,2%. O percentual de votos nulos e brancos foi de 4,8%, enquanto 18,8% não souberam ou não opinaram sobre suas preferências.
REJEIÇÃO
Os pesquisadores do I Veiga também mediram o índice de rejeição dos candidatos. O menos rejeitado foi Marco Carrera, do Psol, com 2,8%, enquanto Jatene foi o mais rejeitado, com 22,7%. O candidato Helder ficou com 18,6%.A pesquisa para o governo, Senado, Assembleia Legislativa e Câmara Federal foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número 00018/2014. Para presidente da República, ela tem o número BR 00539/2014, também no TRE.
A disputa pela única vaga ao Senado aponta a liderança de Paulo Rocha (PT): ele aparece na pesquisa com 17,8% das intenções de voto, contra 14,4% de Jefferson Lima (PP), 11,1% de Mário Couto (PSDB), 7,8% de Duciomar Costa (PTB) e 2,4% de Helenilson Pontes (PSD). Os candidatos Ângela Azevedo, Eliezer Barros, Pedrinho Maia, professor Simão e Renato Rolim tiveram menos de 1%. Entre os pesquisados, 4,8% disseram que iriam anular o voto ou votar em branco. Outros 39,3% não quiseram ou não souberam opinar sobre suas preferências.
PLANALTO
Os números para presidente da República, na pesquisa espontânea: Marina Silva, 37,4%; Dilma Rousseff, 35,2%, enquanto Aécio Neves, 9,8,%. Os demais candidatos, Luciana Genro, Zé Maria, Eduardo Jorge, pastor Everaldo, Eymael, Levy Fidelix, além de Mauro Iasi, tiveram menos de 1% das intenções de voto. Os eleitores que votariam em branco ou anulariam o voto somaram 1,8%. Outros 13,4% não souberam ou não quiseram opinar.
Na estimulada: Marina Silva, 39%1; Dilma Rousseff, 37,4% e Aécio Neves, 10,1%. Luciana Genro, Zé Maria, Eduardo Jorge, pastor Everaldo, Eymael, Levy Fidelix, e Mauro Iasi Luciana Genro 1%, enquanto Eymael, Levy Fidelix, Mauro Iasi, Pastor Everaldo, Rui Pimenta e Zé Maria tiveram menos de 1%.
Os eleitores que votariam em branco ou anulariam o voto são 1,8%. Outros 10,3% não souberam ou não quiseram opinar.
A PESQUISA
A pesquisa foi realizada pela equipe de pesquisadores do professor doutor Edir Veiga, da cadeira de Ciência Política da Universidade Federal do Pará. O grupo trabalha há anos na aferição de intenção de votos, especializando-se em projetar o resultado de eleições no Estado.
(Diário do Pará)