OS VELHOS DE BRASILIA NÃO PODEM SER ETERNOS
É sobremaneira sofrido ainda por mais quatro anos o brasileiro suportar não necessariamente o desgoverno a que estamos submetidos da Presidente Dilma,  onde a população da Venzecuba é mais valorizada que nossa população, pelo menos lá existem investimentos  estruturais; o difícil é aceitar com a conivência do Governo Federal que aí está,  toda a sorte de roubalheira nas instituições federais.

Existem acusações formais que Lula e Dilma receberam dinheiro de falcatruas da PETROROUBARÁS do PT, e como prêmio, mais de 53 milhões de míopes (para este episodio dentre tantos) brasileiros chancelaram a vitória dela no dia de hoje.

Um lenitivo, que alivia um pouco a dor, não foi a vitória de Simão Jatene para Governador do Pará em sua essência, e sim   a oportunidade que teve a maioria dos eleitores paraense, de REPELIR pelo menos para os próximos quatro anos um ser que esteve gestado por obra e graça do PT comandado ainda por LULA e que pertence a genealogia BARBALHO.

Em outra situação não votaria em Jatene, já que foi muito cruel com esta região, e foi o abre-alas contra a emancipação da região para a criação do estado do Tapajós, entretanto comparar a solução de continuidade de nossa luta pela emancipação territorial que irá continuar em breve,  a ter que conviver com uma administração Barbalho, ao preferir a morte, menos pior com JATENE.

Helder Barbalho, Jader Barbalho? -PAI, AFASTA DE MIM ESSE CÁLICE!!!