HERRAR  É UMANO.