Extraído na íntegra do Blog do Xarope
De acordo com informações, ele é acusado de ser mandante do assassinato do empresário Iran Parente e esposa.
A policia de Santarém comandada pelo superintendente regional de Polícia Civil, delegado Jamil Casseb, após várias dias de sigilosa investigação chegou no principal acusado de mandar executar o agiota Iran Parente e sua esposa, na região do de Planalto da PA-370, em Santarém, oeste do Pará.

Trata-se de Dionar Nunes Cunha Junior, que foi preso neste domingo(3). Ele deve ser o suposto mandante mencionado por Erick Renan preso pela policia dia após encontrarem o corpo de Iran e da esposa.
Dionar Nunes Cunha Junior esteve no velório de Iran Parente, veja o detalhe na foto.
No dia 28 de fevereiro, os corpos do casal foram encontrados em meio a uma plantação, na vicinal da comunidade do Guaraná, na região de Planalto de Santarém.
Francisco Iran Parente e sua esposa, moradores da comunidade de Boa Esperança, tiveram a casa invadida e em seguida levados por criminosos.
As vítimas foram barbaramente mortas com vários disparos de arma de fogo. 

Com as investigações aprofundadas, a Delegacia Especializada de Homicídio, sob comando do delegado Gilvan Almeida, conseguiu identificar os comparsas do primeiro preso, bem como a pessoa que teria encomendado do crime.
Iran e a esposa foram mortos com requinte de crueldade