05/06/2020 as 18:22 | Fernandópolis | Da Redaçao
Um avião que transportava cerca de 500 kg de pasta base de cocaína foi interceptado pelas polícias federal e militar há pouco no aeroporto de Fernandópolis.

Segundo informações colhidas pelo RN no local, a aeronave já havia sido detectada no espaço aéreo, e foi escoltada por dois aviões da FAB, que mandaram o piloto aterrissar no município.

Duas pessoas foram presas, sendo encaminhadas a sede da Polícia Federal em Jales
O avião bi-motor, prefixo PT-RAS, interceptado no espaço aéreo de Fernandópolis decolou da Bolívia com aproximadamente 500 quilos de pasta base de cocaína. Duas pessoas foram presas pela Polícia Federal com apoio da Polícia Militar.

regiaonoroeste.com obteve a informação, com exclusividade, que o serviço de inteligência da PM, juntamente com Policiais Federais de Jales tinha informação que ele desceria no aeroporto de Fernandópolis para reabastecimento depois de fazer um pouso em Juína.

Dois caças da Força Aérea Brasileira acompanharam o bi-motor por grande parte do trajeto forçando ao poso em Fernandópolis. Para quem assistiu, foi um espetáculo de manobras dos aviões da FAB.

Cada quilo de pasta base renderia amais três quilos de cocaína. Cada quilo é vendido a R$ 25 mil reais em média. O total da droga pode chegar a aproximadamente R$ 30 milhões.

Os dois presos foram encaminhados a Delegacia da Polícia Federal em Jales onde serão interrogados, permanecendo preso em uma cadeia pública da região.

Eles devem responder por crime internacional de tráfico de drogas.
______