Cmte. Bolacha e aeronave roubada
CMTE. BOLACHA E A AERONAVE ROUBADA

ITAITUBA -  Logo após o Comandante Bolacha (José Edson) ter sido deixado em uma pista próximo  de Moraes  de Almeida, a Policia Militar daquele distrito ao tomar conhecimento entrou em operação diligenciando informações investigativas que a levaram a suspeitar de um homem  de prenome EDMAR,  vulgarmente conhecido como TRIPA, e que ao final resultou  em suspeito de estar envolvido com a pirataria para  depois do trabalho intensificado pela policia, TRIPA ou EDMAR ter confessado a participação na logística do alcance da aeronave, confessando ainda que somam em quatro pessoas  os participantes, sendo dois deles estrangeiros supostamente Bolivianos.

A polícia, tanto quando conversas de domínio público  acreditam que, possivelmente, o avião roubado seguiu para o exterior  dando-se ênfase que pode ter destino a  Colômbia, Bolívia, Perú  tanto o  Paraguai  (todos fazendo limites com o Brasil), que são países comprovadamente fornecedores e distribuidores de entorpecentes notadamente de cocaína. O roubo do avião deverá servir para o transporte e logística do trafico de drogas. 

Depois de "abrir o bico" temendo o bico dos coturnos,  TRIPA, está sendo  conduzido para esta cidade onde depois das preliminares na Delegacia de Policia deverá ficar à disposição da justiça, engaiolado. 

Rememorando postagem de ontem neste Blog, o  Comandante Bolacha foi contratado para fazer um voo de 45 minutos até o Garimpo do Cuiu-Cuiu, e no trajeto foi rendido por três elementos, que o abandonaram em uma pista e levaram sua aeronave para lugar incerto e não sabido.