Com presença virtual de Bolsonaro, Ribeiro é empossado ministro da Educação.

Milton Ribeiro tomou posse hoje como ministro da Educação do governo Jair Bolsonaro (sem partido). Em seu primeiro discurso como chefe do MEC, ele falou em "resgatar o respeito" pelos professores e reverter um cenário de "desconstrução da autoridade" em sala de aula. Também negou que seja entusiasta de práticas educacionais que façam uso de violência. A declaração se deve à repercussão de um vídeo antigo que circulou nas redes sociais, logo após a nomeação, na semana passada, em que ele defende educar crianças pela "dor".
"Jamais falei em violência física na educação e nunca defenderei tal prática, que faz parte de um passado que não queremos de volta. Entretanto, vale lembrar que, devido à implementação de políticas e filosofias educacionais equivocadas, em meu entendimento, desconstruíram a autoridade do professor em sala de aula e que agora existe por muitas vezes episódios de violência física de alguns maus alunos contra o professor", afirmou Ribeiro. "Muitas vezes, o que acontece é que a gente vê na TV. Professores sendo agredidos, desrespeitados. E aquilo que eu puder, como ministro da Educação, apoiar as iniciativas, nós precisamos resgatar o respeito pelo professor." 

LEIA MAIS - Clic AQUI