Foto: Reprodução
Publicado
 
em
 

Manaus/AM - O deputado Federal Pablo (PSL), teria utilizado a estrutura da PF para praticar crimes de lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e corrupção. É o que aponta um relatório da PF.
De acordo com o órgão, durante uma apreensão em imóveis do deputado, foi encontrado arquivo no computador dele sobre um curso de lavagem de dinheiro, o que seria um indício contra o delegado, que também é suspeito de  vazar informações sigilosas de dentro da própria PF e usar da ‘força’ do cargo de delegado para viabilizar a venda de empresa da mãe dele por mais de meio milhão.
O ex-delegado teve o sequestro de bens determinado pela Justiça na última sexta-feira (24). Ele é investigado pela Operação Seronato.