Jeovane Sousa Costa, de 29 anos 'Piroca', foi preso hoje
NSUSSUARANA  JULHO 16, 2020
Uma operação conjunta da Polícia Civil, Grupo Tático Operacional-GTO (PM) e serviço reservado da Polícia Militar (P2), na tarde desta quinta-feira (16), resultou na prisão de Jeovane Sousa Costa, de 29 anos, conhecido pelo apelido de 'Piroca'; membro de uma facção criminosa, a prisão foi feita em uma residência localizada no Residencial Viva Itaituba. 
Pistola apreendida com 'Piroca' - Foto: Weslen Reis/Plantão

Ao notar a presença dos policiais, 'Piroca' fez sua esposa de refém e, após negociação com os policiais, acabou se entregando e confessou a autoria de duas execuções ocorridas em Itaituba, nos meses de Junho e Julho deste ano.
Motocicletas apreendidas. Foto: Weslen Reis/Plantão
Segundo informações do Tenente PM Márcio, a motivação dos assassinatos, conforme 'Piroca', seriam brigas em Itaituba entre as facções Comando Vermelho e Comando Classe A.


Em revista na residência, foram encontradas duas motocicletas Honda, sendo uma modelo Bros de cor preta com detalhes em branco, e uma Titan de cor amarela, ambas usados nos dois homicídios; também foi encontrada uma arma de fogo na casa, arma possivelmente usada nas duas execuções confessadas por 'Piroca'. 

O assassina confesso foi encaminhado para a 19° Seccional de Polícia Civil para o devido procedimento legal e após, para o Presídio. 

AS EXECUÇÕES

Um dos homicídios confessado por 'Piroca' aconteceu no dia 28 de Junho, na rua Décima Nona, do bairro Bom Remédio, em Itaituba. 
 Joel Barbosa Pinto/Local do crime.

Este crime de execução teve como vítima um homem identificado como Joel Barbosa Pinto, de 31 anos, que estava sendo perseguido por dois homens em uma moto Bros. Fugindo da perseguição mortal, Joel adentrou em uma residência, mas foi alcançado pela dupla assassina e executado com vários tiros de arma de fogo, no quintal da casa.


Foi no velório de Joel que a Polícia prendeu várias pessoas armadas por estarem prestando serviço de segurança.
Oito pessoas foram presas, 7 homens e uma mulher, prestando segurança armada em velório. (Foto: Alécio Freitas/ Portal Giro)
O segundo homicídio confessado pelo pistoleiro, consumou-se na manhã desta última terça-feira (14), na rua Quinta entre as travessas 13 de Maio e Lauro Sodré, Bela Vista, em Itaituba, sudoeste paraense.
Joanisson Patrício Agenor de Sousa/Local do crime 
Conforme o apurado, a vítima, identificado como Joanison Patrício Agenor de Sousa, de 34 anos, foi atingida por vários disparos de arma de fogo, sendo socorrido, mas não resistiu aos vários tiros recebidos.

Texto adaptado de postagem do Plantão 24horas News
Extraído do Blog do Norton Sussuarana