A deputada Flordelis e o marido Anderson, assassinado em junho de 2019

A deputada Flordelis e o marido Anderson, assassinado em junho de 2019 | Reprodução

CRIMINOSA

Flordelis cantava sobre casamento, família e criticava religiões afro

 terça-feira, 25/08/2020, 13:35 - Atualizado em 25/08/2020, 13:34 -  Autor: Com informações de UOL


Antes de ver sua vida virar de cabeça para baixo após ser apontada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro como mandante da morte de seu marido, o pastor Anderson do Carmo, a deputada federal Flordelis (PSD) se dedicava à música gospel, além da política. Desde 1998, ela acumulou nove álbuns de estúdio, além de um DVD ao vivo.

Hoje, dia 21/06, é celebrado também o Dia da Música e todos sabem o quanto a música é muito importante para a minha vida. Lancei meu primeiro compacto nos anos 80, mas foi em 1998 que me tornei cantora independente e lancei meu primeiro álbum intitulado Multidão, de lá para cá a música se tornou cada vez mais parte da minha vida. Cantar me faz me sentir mais viva e próxima de Deus! Essa canção é chamada 'Essência de adorador.' Aqui ela diz: « Se eu não lhe adorar, eu morro. » A MÚSICA é uma das formas que temos de adorar a Deus! #diadamusica #deputadafederalflordelis

Lançada de maneira independente, Flordelis assinou com a gravadora MKMusic só em 2010, onde deu sequência a sua carreira. Yvelise de Oliveira, dona da gravadora, tornou-se amiga da deputada e de sua família. Após a morte de Anderson, Yvelise chegou a ser investigada, pois, poucas horas após o assassinato do pastor, o telefone celular dele foi conectado à rede de internet da casa onde ela vive com o marido, na Barra da Tijuca. Ela prestou depoimento em fevereiro deste ano acusando Flordelis de ser "dissimulada e perigosa", de acordo com informações do jornal O Globo.

Ao longo de 20 anos de carreira no gospel, Flordelis ficou marcada por seu canto animado e pela mistura de gêneros em várias de suas músicas, mesclando o tom religioso com ritmos característicos do forró.

Na maioria de suas letras, Flordelis fala de sua adoração por Deus e passa mensagens motivacionais sobre não desistir e não perder a fé. Chamam a atenção trechos sobre casamento e família. Flordelis diz que Deus livrará os filhos da prisão. Vale lembrar que, além dela, outras dez pessoas de sua família também estão sendo acusadas pela morte de Anderson.

Hoje o meu Deus vai curar

Vai libertar o teu filho das drogas e da prisão

Sabe aquele teu marido

Vai marchar com o varão

Sabe aquela tua filha que vive na perdição

Ela vai virar a líder do grupo de oração

"Eu Sou Canela de Fogo", cantada por Flordelis ao lado de seu filho Luan Santos, que rompeu relações com a mãe após a morte do pai

Em outra letra, Flordelis prega contra o fim de um casamento e ainda faz referência ao candomblé, citando Iemanjá e orixás.

A mão de Deus está sobre o teu lar

A tua família, a minha família é de Jeová

O teu casamento não vai acabar

Nenhum encantamento entra no seu lar

Pois não tem orixá, nem Iemanjá

A minha família é de Jeová

"A minha família é de Jeová"

Em várias faixas, Flordelis reforça que só Deus pode salvar. Na música "A Justiça Virá", ela pinta Jesus como advogado e diz que ele intercederá em sua causa. O julgamento oficial da deputada, contudo, ainda depende de mais investigações para realmente acontecer.

O processo da tua vida tramitou e não te ouviram

Tua audiência encerrou

Quem irá te defender

Quando o mundo te disser: que o teu caso não tem jeito?

É nessa hora que Deus faz o céu se abrir

Quem duvidou da tua história vai ver Deus agir

Teu processo está nas mãos de Deus

Teu pedido ele aceitou

Com a liminar do céu Deus te honrou

Pois o juiz é teu senhor