JACAREACANGA - A postagem anterior com o título O RECÚO DE UM PARA O AVANÇO DE DEZ PASSOS, ao que parece  a estratégia está em curso, com a chegada agora na parte vespertina de um comando composto por cinco veículos pesado de transporte do 53 Batalhão de Infantaria do Exercito Brasileiro sediado em Itaituba.

Evidentemente  que a radio-cipó agora reforçada  pelo zap e face propagam que a justificativa apresentada da presença da estrutura de recursos humanos e transporte  seria para garantir o pagamento dos benefícios federais para a demanda reprimida  no município  cuja ficou sem os pagamentos devido a problemas no sistema  estruturais no veiculo pagador.

Tal desculpa remete a uma operação na cidade de Altamira no Canteiro de Obras  de Belo Monte, invadido e o Exercito teria a responsabilidade de desocupar; os insurretos e ocupantes diziam que só sairiam se fosse aberta uma porta de dialogo com as autoridades em Brasilia para discutir a pauta reivindicada, fato logo resolvido. Os lideres revoltosos   escolhidos  à dedo embarcaram para essa viagem e o canteiro de obras foi estrategicamente ocupado pelo Exercito  e os revoltosos  expulsos do espaço ocupado (essa conversa dessa estrategia está sendo recorrente  ontem e hoje nas redes sociais). Fato que por hora as coisas estão acontecendo  de forma que há algo no ar e que não seria inusitado usar o mesmo estratagema : LEVARAM OS LIDERES DO MOVIMENTO PRÓ-GARIMPO PARA BRASILIA PARA TOMAREM ASSENTO EM UMA MESA DE ENTENDIMENTOS, E HOJE A OPERAÇÃO VERDE BRASIL 2 REFORÇA  SUA AÇÃO COM MILITARES EM JACAREACANGA. Não é estranho?

Um amigo da comunicação confirma que recebeu a informação que  o comando de veículos terrestres  com seus militares preparados em missão seria para dar mesmo segurança ao movimento de pagamentos que a Caixa Econômica Federal a partir de amanhã realizará. Crêr nesse álibi frágil é que é dificil e uma pergunta ainda reforça a desconfiança: -e a ambulância que acompanha o comboio servira para quê mesmo? Socorrer algum octogenário infartado pela alegria de receber seu quinhão à titulo de auxilio emergencial?. BOITATÁ, SACÍ, CAIPORA, também existem né?!

Como acreditar em dissimulações e mentiras?

É vivo ainda na memoria dos índios  o ano de 2012 na Aldeia Teles Pires, quando um aparato bélico  similar ao que está em ação tocando terror, justificado  pela atividade ilegal de garimpagem chegou para fiscalização e acampou em uma  localidade às proximidades da Aldeia, e logo em seguida  com atitudes e tratamentos gentis reuniram  com os índios colocando  a real situação da necessidade de se proteger o meio ambiente. Após a reunião admiravelmente bem conduzida pelo comando da operação, prolongar-se  noite adentro sem uma definição, ficou ajustado entre as partes, que no dia seguinte  prosseguiriam com as conversações. LEDO ENGANO! PURA MENTIRA! no dia seguinte a Aldeia foi despertada e  invadida pela força ao romper do dia,  com disparos de armas de guerra e saraivada de tiros que fizeram da operação um desespero para as mulheres, velhos e crianças, e para culminar com a intervenção desmedida, o indígena Adenilson Kirixi foi covardemente assassinado por um delegado da Policia Federal, e diversos indígenas, até pessoas idosas foram atingidas com balas de borracha. A selvageria foi tamanha que até a escola foi depredada com tiros, inclusive o motor de luz da comunidade. O indígena outra vez foi dominado! e agora autoridades, a munição letal da mentira será usada