OAB-PA repudia conselheiro que xingou advogada de ‘rapariga’ em plena sessão

As Comissões de Direito Previdenciário, Mulher Advogada e de Defesa dos Direitos e Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no Pará, manifestaram repúdio à atitude do Conselheiro da 27ª Junta do Conselho de Recurso da Previdência Social Camille Chackra, que, durante sessão virtual de julgamento, referiu-se a advogada e Diretora da CDPrev/OAB-PA, Werliane Coelho, como “rapariga do caralho” seguido de gesto obsceno com o dedo médio da mão.

Para a OAB, a atitude do conselheiro revela a necessidade da inserção do debate de gênero no contexto institucional. As ofensas proferidas foram intencionalmente direcionadas a uma mulher advogada em pleno exercício da sua profissão e o enxovalho carrega consigo a pesada carga da fala sexista, com traços cruéis de misoginia, configurando mais um abominável exemplo de violência de gênero.

Trata-se de construção histórico-cultural acerca dos papeis de gênero, que perpetua uma lógica de superioridade masculina em que a violência de gênero, ainda que de natureza verbal ou gestual, é normalizada. É fundamental, portanto, reconhecer e desnaturalizar esses conceitos e práticas quando se busca uma sociedade mais justa e igualitária”, diz a nota emitida pela instituição.

Por ser uma luta institucional e civilizatória a OAB Pará vai aderir à Campanha do “Projeto Valentina” pela paridade de gênero e se empenhará arduamente no enfrentamento desse e de qualquer ato de opressão, bem como de assegurar às advogadas uma atuação fortalecida e livre de violências de gênero de qualquer espécie.
_______________
Fonte: Blog Uruatapera
Transcrito do Blog do Xarope
Destaques, textos sublinhado, negrito e grifos - RP

Comentário RP 
Creio que o mais aficionado  frequentador de PUTEIROS (O nobre Conselheiro pelo baixo nivel que emprega em sua relação profissional, me permite falar assim) eu poderia em respeito aos leitores RP denominar de Cabaré, Cabaret,  Rendez vous, Bordel, Luz Vermelha, lupanar nunca ouviu em uma interlocução naquele "respeitoso" local alguem chamar uma mulher de RAPARIGA DO CARALHO, Eis que esse Conselheiro colocou em  uma sessão de julgamento  o ambiente de justiça mais rasteiro que barriga de cobra ou mnais raso que sua conduta moral.