Maria Jeane responde a um processo de homicídio, ocorrido em 25 de abril de 2020. Ela foi presa na madrugada desta segunda-feira (21).

Uma mulher identificada como Maria Jeane Costa Castro Pinheiro, de 39 anos, conhecida pelo apelido de "Cris", foi presa na madrugada desta segunda-feira (21), no garimpo Cuiú-cuiú, região de Itaituba, pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

A prisão foi efetuada após uma guarnição da Polícia Militar receber uma denúncia anônima em que a suspeita estaria portando uma arma de fogo na cintura.  Ela foi abordada na área de um bar da localidade, onde a mesma veio a resistir a prisão sendo necessário uso da força policial.

Com ela, a polícia apreendeu um revólver calibre 38 e vinte e uma munições intactas. O caso foi registrado na delegacia de polícia de Itaituba
 
Acusada de homicídio
 
Maria Jeane responde a um processo de homicídio, em que é acusada de matar um homem identificado como José Carlos Cantanheide Rocha, conhecido pelo apelido de "Negão Barbixa", na noite do dia 25 de abril de 2020 no garimpo Cuiú-cuiú. 
 
Segundo informações, o crime teria sido motivado por desavenças. Na ocasião, acusada e a vítima teriam tido um desentendimento na área de um bar, fator que a levou a efetuar vários disparos de arma de fogo contra a vítima.

Um mandado de prisão foi expedido e a acusada se apresentou espontaneamente na 19ª Seccional de Polícia Civil de Itaituba no dia 07 de Maio, e estava respondendo em liberdade.

Fonte: Plantão24hrsNews.