PODERIO DA  VERDE BRASIL2 ATINGE EM CHEIO AREAS DE GARIMPAGEM NA TERRA INDÍGENA MUNDURUKU 

Jacareacanga -  Amplamente veiculado através da comunidade social WhatsApp, originário dos Grupos GARIMPEIROS EM AÇÃO e GARIMPEIROS NÃO SÃO BANDIDOS   a Operação  Ambiental para  reprimir queimadas e garimpagens ilegais  em Terras Indígenas, voltou com  força total. A ação mostra-se até certo ponto tida e havida como desproporcional  para áreas de garimpagens consideradas ilegais localizadas na Terra indígena Munduruku. Fato ocorreu na madrugada deste dia (27.09.2020) causando  alvoroço,  desespero de garimpeiros em fuga do local, com incineração de sistema de comunicação de internet, combustíveis, alimentos, maquinas e equipamentos em geral.

Conforme ainda áudios trocados nos grupos de WhatsApp  as bases do grupamento operacional da Força Tarefa,  está localizada em Castelo de Sonhos e na Aldeia Missão Cururu em território dos índios Munduruku, e de lá fizeram incursões para a região leste da Terra Indígena, nas atividades de exploração nos cursos d'águas, Igarapé Santo Antonio, Kaburuá, e Igarapé Preto ocasionando  destruição em massa de PCs, tratores, motocicletas, entre outras estruturas para suporte às atividades  de garimpagem. A operação continua em desenvolvimento até  a parte vespertina deste dia.

Um dos garimpeiros indígenas JOSIAS MANHUARI MUNDURUKU, através da comunicação no grupo, convidou os garimpeiros  a se juntarem em protestos e se dirigirem ao Km 30 da BR 163 com a finalidade de bloquearem o trafego naquela rodovia, ate serem atendidos em suas reivindicações. 

É até desnecessário se comentar que centenas de pessoas desvinculadas de seus trabalhos de exploração mineral, sofrerão duro revés para honrar com pagamentos dos equipamentos  que usavam e prestar a manutenção e sustento de seus familiares, já que o Governo Federal não criou uma alternativa econômica para substituir a garimpagem ilegal, e tropeça junto ao Congresso Nacional para legislar sobre a legalização do extrativismo mineral em Terras Indigenas..