Itaituba - Ecoa ainda em turbilhão  comentários que dizem respeito a subtração de uma porta de proteção no Poder Legislativo e que coloca no centro dos comentários o ex-vereador Diego Mota, e procurando conhecer razões ou circunstâncias para tamanha dimensão que se deram ao fato, chegou-se a conclusão de duas coisas  completamente distintas que no decorrer desta curta postagem irá ser evidenciada.

É fato que por  sua atuação como gestor municipal, que fez muito em obras estruturantes para o município notadamente na pavimentação asfáltica entre outras,  concorrendo para receber uma consagradora vitória no recente pleito eleitoral, torna claro que o Empresário, Politico Valmir Climaco emplacou na politica  municipal e estadual o VALMIRISMO. Eis a primeira coisa a se delinear  que é necessário falar, pois essa impressão entre conversas politicas surgem como vozes da rua.

A segunda situação que se depreende do VALMIRISMO, é que o mesmo, está  internamente   impregnado por duas alas que são, a que rezam pela  ideológica partidária (MDB) e a ARIGÓ MY FRIEND e ambas alas se mostraram menos  na luta pela reeleição de Valmir e mais agora na indicação do seu primeiro escalão que fez mexer ânimos um tanto serenados no pleito, e até danças de cadeiras no Poder Legislativo.

Para concluir,  a sanha de se atropelar o bom senso, tornou-se cristalino a existência das ações  das alas que se mostram na surdina e que podem até soterrar não o VALMIRISMO e sim o CAPO propriamente dito,  como tentaram e conseguiram enterrar o ideal de presidir o Parlamento do Vereador WESCLEY TOMAZ e até agora a inútil luta  de se fazer  o Ex-vereador DIEGO MOTA, ser desacreditado  para frear sua nomeação  para o primeiro escalão como tenciona o Arigó. Toda a artilharia  verborrágica direcionada  para atingi-lo parece não ter desmotivado o prefeito de sua nomeação.  É o VALMIRISMO em ação!