Novo prédio do CPR-X. Foto: Reprodução.

O Comando de Policiamento Regional (CPR-X) divulgou, nesta quinta-feira (04), o balanço comparativo mensal de criminalidades referentes aos meses de janeiro dos últimos 3 anos: 2019, 2020 e 2021.

De acordo com os dados, em comparação com o mesmo período dos anos anteriores já citados, vem havendo redução da criminalidade na área do CPR-X, que engloba 7 municípios: Itaituba, Aveiro, Trairão, Jacareacanga, Rurópolis, Placas, Novo Progresso.

A análise comparativa traz informações acerca dos crimes de homicídio, latrocínio, roubo e furto, conforme mostra a tabela abaixo


Análise

2019

2020

2021

Homicídio

10

10

09

Latrocínio

0

0

0

Roubo

41

41

15

Furto

208

224

162

















Análise comparativa – Mês de Janeiro - Somete o crime de homicídio na região

 Em se falando especificamente do crime de homicídio em cada município que compõe a área do CPR-X, os dados somente de janeiro de 2021 informam que:

– Itaituba (15º BPM): registrou 4 casos;

– Jacareacanga (15º BPM): 01;

– Trairão (15º BPM): 0;

– Aveiro (15º BPM): 01;

– Rurópolis (17ª CIPM): 0;

– Placas (17ª CIPM): 01;

– Novo Progresso (7ª CIPM): 02.

Produtividade total de janeiro de 2021

A produtividade total deste mês, mais uma vez, traz destaque para a apreensão de drogas, com um total de 7.758 kg apreendidos.

Confira os dados de todas as ações e crimes registrados:

– preso por tráfico: 43;

– abordagens realizadas: 618;

– veículos recuperados: 15;

– BAPM’s preenchidos: 1.851;

– armas de fogo apreendidas: 14;

– entorpecentes apreendidos: 7.758 kg;

– foragidos recapturados: 10;

– abordagem a transeuntes: 284.

Fonte: Plantão 24horas News.

________

Remendo RP

Parabéns ao Comando do CPRX pelos números em exposição sobre a redução da criminalidade nas regiões de abrangência, mas com o devido acato e respeito, deveria ser informado também os registros de desvios de função de policiais. É sabido que infelizmente  ocorrem ainda  extorsões, fabricação de flagrantes, cobranças de propinas etc. principalmente em cidades mais distantes da sede do Comando e regiões garimpeiras.

Seria interessante saber o numero de policiais submetidos à corregedoria.