PARAUAPEBAS - José Esevaldo Cordeiro de Almeida, de 54 anos, foi eletrocutado na tarde deste sábado (13), em Parauapebas, sudeste do Pará. Ele recebeu uma descarga elétrica fatal quando instalava uma cerca elétrica na propriedade dele. O Corpo de Bombeiros Militares e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) ainda foram acionados, mas quando o socorro chegou, o proprietário do sítio já estava morto.

A propriedade onde o acidente fatal ocorreu fica na vicinal da ponte do Limão, zona rural de Parauapebas. O caseiro do sítio foi o primeiro a chegar até Esevaldo. À Polícia Civil, ele relatou que ouviu o patrão gritar. Isso teria ocorrido pouco depois de ele começar a instalação da cerca elétrica na propriedade. Ao ouvir o grito, correu para tentar ajudar, mas ele já não parecia mais estar vivo.

Foi um filho de Esevaldo que chamou socorro e o Samu e o CBM chegaram em menos de 30 minutos, já apenas para constatar o óbito. O caso foi registrado na Seccional de Polícia Civil de Parauapebas. Um laudo ainda deve explicar melhor o que ocorreu para que o proprietário do sítio tenha sofrido uma descarga elétrica fatal e em que momento.

RB1 NOTICIAS