Jacareacanga - Ainda rufando os tambores pela exoneração surpresa  do titular da Pasta da Educação Professor Dionei, eis que o som dos clarins aqui e acolá soando na boca de populares preanunciam que outra pasta perderá seu titular  e   que tem gente que vai jogar a toalha dentro de uma semana.

Mas nesta postagem vamos tentar de forma basilar analisar motivos e circunstâncias que minaram o trabalho do Professor Dionei como Secretario Municipal de Jacareacanga. Indiscutível que concorreu para a derrocada do Professor, as seguidas interferências  no trabalho de lotação de servidores, notadamente personagens do Poder Legislativo, que imaginam que como Vereador da base governamental  detém autoridades para nomear e exonerar servidores, (segundo pululam conversas de becos, nas vias e vielas  da cidade e até Aldeias), e que declina-se em citar  nomes, momentaneamente. Outro fator, o Secretário privilegiar em sua agenda atendimento para determinadas pessoas e a maioria de interessados em ter com o mesmo, não ser recebido e entre esses lideranças indígenas. Registra-se conversas procedentes de aldeias que o Secretario sinalizou que receberia em audiência algumas lideranças que dia e hora marcado os indígenas desceram de suas aldeia rumando para Jacareacanga e no dia e hora definido para a reunião  o mesmo tinha se ausentado  do município se encontrando  em uma cidade do Mato Grosso e sem ser justificada sua ausência. Essa viagem transcorreu por mais de uma semana...  e o grupo indígena abandonado na cidade aguardando seu retorno

A crise aumentou substancialmente  para o lado do Secretário quando ocorreu de forma oficial, publicado na Página virtual  o descontentamento do Sindicato dos Profissionais da Educação (Sintepp), que alegam declaradamente que o Professor Dionei cerrou as portas da Secretaria para evitar dialogar com a direção do Sindicato local. Sobre a situação lembra uma pessoa que conversei sobre a crise na educação justificando que o Sintepp e isso sendo de domínio publico, age e desenvolve suas atividades de proteção ao profissional da Educação  independente de politica  e  o sindicato em Jacareacanga sempre procurou agir de forma imparcial, e  que veem a educação sem  cor ou um número. Afirma que a luta  da instituição é  por um trabalho junto à Câmara, Prefeitura e Conselho Municipal de Educação para que se alcance resultados satisfatórios e sobre a questão de  disputas politicas o que é decidido nas urnas fica nas urnas, depois disso acrescenta, que vencidos e vencedores dependendo da interpretação de cada qual, devem desarmar os palanques e trabalharem juntos pelo progresso da educação do município, jamais o Sindicato se constituindo oposição a A ou B.

Confessa uma associada ao Sintepp, que  o Professor Dionei nomeado para o cargo de Secretário, estranhamente não se mostrou disposto  a trabalhar em parceria com o Sindicato inclusive foi oficializado documento requerendo audiência com o mesmo da Coordenação do Sintepp e o silencio retornou como resposta, o que o brigou a Coordenadora Professora Risonelia fazer contato pessoal com o mesmo e não obtendo êxito utilizou-se da comunicação de  WhatsApp e sequer o Secretário Dionei mostrou interesse em recebê-los.

Dado, ter se tornado infrutífero a audiência com o titular da Educação, a Coordenação procurou e  foi recebida pelo Vereador Isaias Krixi Munduruku, que é Presidente da Comissão de Educação da Câmara, cujo, prontificou-se  em reunir com a Coordenação para discutir os caminhos da educação em Jacareacanga e a valorização do profissional vinculado na Educação.

Superado este assunto nesta postagem, longas e diversas reuniões ocorreram  para se escolher um novo Secretário, e aí entra  em cena novamente intromissão de pessoas alheias ao Poder Executivo. Lembrando que os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário são independentes e harmônicos e constitui ação delituosa qualquer interferência que vise principalmente se tirar proveito politico. Se a moda pega daqui à pouco o Judiciário  ou MP sofrerá interferência para nomear para comarco Juízes e Promotores.

Para quebrar o gelo a radio cipó passou a informação que já havia sido escolhido o titular, ou seja o novo Secretário e que seria o Professor Andreson e já que toda unanimidade é burra, às  16h00 quando o escolhido foi dar ciência de sua Portaria de nomeação, eis que  outro já estava em seu lugar, tratando-se do Professor Danilo que ao que evidencia-se se não aparecer outro pretendente será o novo Secretário.

O Prefeito  Valdo do POSTO, notável ser humano, pessoa de boa índole,  de caráter humilde, deve deixar a vassoura de lado e ao invés de contribuir limpando as vias públicas,   tomar  de vez assento na cadeira de prefeito que de fato e direito lhe pertence.