"FISCAL DO POVO"

Câmara Municipal cassa mandato de vereador por unanimidade



Pedido de denúncia contra vereador já havia sido aceita em junho pelos vereadores

 quinta-feira, 21/10/2021, 15:43 - Atualizado em 21/10/2021, 16:00 -  Autor: DOL Carajás

A Câmara Municipal de Parauapebas votou e aprovou a cassação do mandato do vereador Aurélio Ramos de Oliveira Neto – Aurélio Goiano (PSD), conhecido também como "Fiscal do Povo". O vereador teve o seu mandato cassado na tarde desta quinta-feira (21), com 12 votos a favor e 0 contra. Agora, Cassio De Meneses Silva conhecido como “Cássio da VS-10”, que obteve 1.154 votos na eleição de 2020, que é o primeiro suplente, se torna vereador no lugar de Aurélio.

A denúncia contra o vereador foi feita pelo eleitor Odair Rodrigues Ribeiro e tramitou na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar (CEDP). 

Entre os fatos denunciados, o relator, Léo Márcio (Pros), concluiu pela procedência por abuso de prerrogativas e quebra de decoro parlamentar nos quesitos: invasão do Hospital Geral de Parauapebas – HGP; convocação para fechamento da portaria da Vale, da cidade, da prefeitura e da incitação à invasão da residência do prefeito pelo vereador Aurélio Goiano em resposta ao Decreto Municipal nº 1087/2021, que estabeleceu lockdown; e ameaça de morte por esfaqueamento ao servidor público João Sérgio Leite Giroux.

DENÚNCIA

No dia 29 de junho deste ano a Câmara de Parauapebas já havia aceitado denúncia em desfavor do vereador Aurélio Goiano. Naquela sessão ordinária, o vereador Rafael Ribeiro (MDB), primeiro-secretário da Câmara, leu o conteúdo da representação. Na denúncia, Odair alegou que o vereador Aurélio Goiano procedeu práticas incompatíveis com o exercício do mandato parlamentar.

Naquele dia, ao ser colocada para votação, o recebimento da representação foi aprovado com doze votos a favor e nenhum contrário.