Mesmo que a relação homoafetiva  receba através de nossas leis segurança para no amparo dessas legislações que regem a materia,  criarem  um escudo de proteção para o homossexual exijam cumprimentos,  tais princípios quando exibidos  com doses incomodas de exageros criam uma cortina inequivoca de discriminação  e verão no curso dessa pequena postagem quem é o discriminado.  
Incomoda  sobremaneira ao homem e a  mulher em seu relacionamento  hétero, não é a relação homoafetiva, o que causa insuportavel incomodo é o excessivo e impactante  desrespeito deliberadamente aplicado por muitas pessoas que se exibem causando asco, náusea quando se relacionam em espaços públicos se beijando, se acaraciando como se estivessem no espaço de seus redutos de erotismo e amor. O que não é dificil é seguir a lei de respeito e aceitação à liberdade de expressão, livre arbítrio, e opção sexual de cada ser humano, o inaceitavel é ver espetaculo gratuito de cenas indecorosas, indecentes  e de imoralidades praticadas por uma parte desse seres humanos  que chocam e causam sem duvida asco.  

Dito isso, o rejeitado da historia mostra de forma cristalina que é o genero hétero que muitas vezes obriga-se a retirar sua familia de determinado espaço de entrenimento e lazer por verificar pessoas que demonstram alem de sua afeição profunda por seu parceiro exibirem seu sentimento de forma indecorosa, deliberadamente para causar  mesmo  impacto  e incomodo em quem pensa e age diferente, como muito  seguidores dessa opção sexual. Vejam quem é o discriminado no contexto que se apresenta! A familia, os héteros que se beijam nas praças com pudor e respeitando os transeuntes.  Os discriminados somos nós, que muitos homoafetivos procedem assim para causar  impacto, marcar presença, quebrar paradigmas instituindo modelos para causar mesmo incomodo como já dito, asco, nojo nas pessoas que não comungam de suas opções sexuais, nas familias tradicionais, religiosas e propagadoras  dos bons costumes.

Pergunta-se o porquê dessa exibição exagerada pensando que somente é deles os espaços públicos, que o mundo é só deles?
Já dispõe um dito popular,  Gostar do fresco todo mundo gosta mas da frescura ninguém suporta!
Que sejam felizes essas pessoas, e que nos façam felizes cada um cuidando e sendo respeitado seu pedaço, seu espaço. Creio que é nesse exagero, nessa exibição tão chocante que faz persistir o conceito previo que muitos tem da relação da homafetividade.
Contemplem o video: Alguem ja viu em um casamento de héteros o casal se beijar de forma tão despudorada. tão nojenta? TNC.... tenham respeito, tenham paciencia!
______
Desculpem-me os homens e mulheres homossexuais sérios e sérias, esta postagem não é para voces!