Imagens alcançadas na rede mundial de computadores - meramente ilustrativas

Ver. Antonio Goiano

JACAREACANGA (31.10.2021) - A respeito da postagem anterior aqui no RP, sob o titulo de ROD 230 TRECHO ITAITUBA / JACAREACANGA  QUASE INTRAFEGÁVEL, (leia AQUI) que trata do estado critico, com trechos considerados ja intrafegáveis, que obriga  condutores de veiculos a custearem valores  para serem rebocados nesses trechos  da Rodovia Transamazônica, que ja se multiplicam, devido a inexistemcia de conservação e manutenção.  Esses pontos criticos  que  se multiplicam estão contidos no espaço compreendido entre as cidades de Itaituba e Jacareacanga  com 400 quilometros de extensão e que provocou noticia tambem  em um periódico de Santarem denominado IMPACTO e no Diario Online da Capital,  que noticiam o estado precário de trafegabilidade na Rodovia Transamazonica entre essas duas cidades com o titulo em suas edições eletronicas  sob a manchete MOTORISTAS DENUNCIAM PÉSSIMAS CONDIÇÕES NA TRANSMAZÔNICA.

Obriguei-me em consequencia  a entrar  em contato com o Vereador de Jacareacanga Antonio Mendes ou Antonio Goiano, indagando-lhe sobre o que produziu de seu prolongado contato que fez em Brasilia, perigrinando pelos corredores palacianos, à procura de investimentos para a região de Jacareacanga, e levando em mãos  como prioridade informações racionais de aspectos delineados da situação e riscos de nossa principal via de ligação via terrestre  ficar intrafegavel; o edil  falou que tivera êxio em defesa da municipalidade de sua viagem à Capital Federal em atividades de outras áreas, porém depois de aprofundar seu contato  no DENIT tentando explorar de todas as formas a possibilidades de carrear recurcos orçamentarios/financeiro para a recuperação da estrada e pontes, devido o risco absurdo de se ter a rodovia impedida para passagens de pessoas, combustiveis e gêneros de alimentação. Valeu-se o Vereador,  como corredor politico, do Ex-Prefeito de Marabá João Salame que tem facilidade em transitar em meio ao seio politico da esfera governamental federal, e ministerial. Em prolongados contatos  as conversas não satisfizeram o Veredor Antonio Goiano pela inexistencia absoluta, segundo foi justificado de recursos no DENIT para recuperação de nossa sobredita rodovia. Revelando procupação caso não seja recuperada a malha rodoviaria e pontes, o nobre edil como lenitivo para sua decepção foi aconselhado pelo aporte politico que lhe acompanhava  a aguardar  o momento certo porque haveria possibilidades atraves de  emendas parlamentares, propriamente as famosas emendas de bancadas que seria alternativa   para se destinar dotação orçamentaria atraves de entes politicos para sanear o problema existencial que com a precipitação das chuvas do inverno amazônico que se prenunciam, tendem em reduzido tempo aumentar o transtorno daqueles que necessitam da estrada em boas condições para produzirem e sobreviverem. VEJAM BEM O CORPO A CORPO feito pelo Vereador e o EMPURRA COM A BARRIGA na Capital Federal!

Vejam senhores leitores a situação caótica que antecipadamente  se anuncia, ja que por nossa Rodovia  no trecho Jacareacanga Itaituba ou Itaituba Jacareacanga transitam diariamente centenas e mais centenas, até milhares de pessoas  vinculadas a trabalho de garimpos e que contribuem produzindo rendas e empregos, percorrendo o trecho acidentado; tambem pessoas ligadas ao setor agropecuario se utilizam na mobilização pela BR, e como o Municipio de Jacareacanga   pouco  ou nada produz em alimentos,  materiais de gêneros de higiene e  limpeza, medicamentos, o primeiro impacto será a onda acelerada de escassez e aumento absurdo principalmente em alimentação uma vez que esses bens de consumo apesar de entrarem tambem  do vizinho estado de Rondonia, os produtos chegam mais baratos se forem encaminhados de Itaituba que é a cidade-polo mais proxima e a melhor alternativa  existente devido a Rodovia Santarém-Cuiabá ser a via de escoação desses produtos de primeira necessidade que chegam à cidade-polo. É de Itaituba tambem que a Companhia de Energia Eletrica que é termodíesel é abastecida por combustiveis provenientes, e algo que preocupa a população nessa atual conjuntura é o Parque de transmissão de energia eletrica do municipio de Jacareacanga que ja é sofrivel em seu funcionamento regular  padecer  de solução de continuidade devido a falta de combustivel motivado pela rodovia intransitável.

VALHA-NOS QUEM MESMO???