ATÉ AGORA, NOVE HOMENS E UM DESTINO

JACAREACANGA -  Com o advento da candidatura, eleição, diplomação, posse e atual gestão do Prefeito Valdo do Posto, surge um fenomeno interessante no municipio, como diria  meu amigo jornalista  marronzista cubano-sovietico e digital influencer Jacinto, -Todo mundo agora quer ser prefeito.  Aparecem, partindo dessa pressuposição,  nomes  nas esquinas, becos e vielas  do municipio, na boca do povo,  sobre pessoas que  ensaiam  essa pretensão ao cargo maior do Poder Executivo, como Jerson Mourão, Raimundo Batista Santiago, Valmir  Primavera, Rui Baima, Geovani Kabá, Valmar Kabá, Marciano Zanella, Everton Sales e até Valdo do Posto em pretensa reeleição entre outros nomes. Como todos tem direito de sonhar o livre arbítrio e o direito de se expressarem continuam  tocando a vida com um olho no prato outro no gato. Evidentemente que a maioria  das pessoas nominadas dirão  que nunca almejaram ou criaram condições para o povo estar falando dessa pretensão e que seria apenas fruto do imaginário popular e ainda poderiam dizer "Estou fazendo meu trabalho o povo que no futuro irá julgar"

Sobre tais nomes, tomo a liberdade de expressar breve  comentário sobre cada qual, não para influenciar o eleitor, ainda porque eleições municipais somente se realizarão dentro de tres anos. Abaixo segue a relação em ordem alfabética,  dos cidadãos mais comentados na boca do povo que poderão concorrer ao Paço Municipal. Evidentemente, como ja reportado na inical desta postagem, com a eleição do humilde e pacifico Valdo do Posto novos nomes devem surgir na sucessão contínua dos dias.

  1. Everton Sales - Funcionário público municipal concursado, pessoa de fino trato, com capital politico produzido por sua numerosa familia e ainda moldado por ter contribuido com o municipio em duas gestões como Secretário de Meio Ambiente, onde revelou-se o ente de maior dominio e conhecimento sobre o assunto.  Os efeitos de suas ações de proteção ao meio ambiente se estendem até a Capital do Estado por seu profícuo trabalho em defesa do municipio de Jacareacanga. Em certa ocasião foi convidado a trabalhar emprestando seu vasto conhecimento na cidade de Santarém e Belém.

  2. Geovani Kabá - Grande expressão politica  atual, onde com grande desenvoltura preside o Poder Legislativo, com formação superior em area da educação alem de cursos de especialização, neto do lendário Cacique Biboy Kabá,  está se transformando em uma das principais lideranças do povo Munduruku  no curso  do Rio Kabitutu onde  se estabelece uma vintena de aglomerados humanos (Aldeias).

  3. Jerson Mourão - Pertence à escola de formação política de Raulien Queiroz, que foi um hábil politico e competente administrador, o qual sem sombra de dúvidas caso não ocorresse o fatidico acontecimento que ceifou sua vida, estaria à frente do Governo Municipal pela quarta vez. Jerson, é tido e havido como o mais fiel e competente assessor que Raulien teve no exercicio de seu mandato, acostumado a dissipar com seus argumentos crises e desintendimentos. Destacou-se como vereador e é havido por seus contemporâneos e populares que frequentavam o Poder Legislativo, como um dos melhores Vereadores que presidiu a Câmara Municipal.  Jerson  tem como capital politico sua numerosa familia  alem de uma legião de simpatizantes entre as populações indigenas e branca adquirida quando candidatou-se ao cargo de Prefeito  e não logrou exito por problemas de percurso na sua caminhada. Ponto alto de angariar os votos dos indigenas é que mantem contato peremanente com o povo indigena.

  4. Marciano Zanella ou Professor Zannela - Surge nos comentarios populares, como uma pessoa de franco e admiravel dialogo com todos, com uma familia bem constituida e sempre presente em sua organização social, tem como capital politico um numeroso grupo de alunos tanto do ensino fundamental como médio e universitário do municipio alem de familiares do alunado e corpo de professores. É Educador Fisico prestando trabalho na Secretaria de Educação e foi um notavel Diretor da Escola de Ensino Médio Brigadeiro Haroldo Veloso, onde em meio a crise que permeia a educação no Estado conseguia fazer admiravel trabalho na educação.  Zanella se mexe com maestria entre os entes politicos  do estado e  federação em busca de maior projeção politica no estado, fez filiação partidaria recente e isso animou seus seguidores  que pretendem vê-lo como candidato nas proximas eleições para prefeito.

  5. Raimundo Batista Santiago -  Um nome de respeito, confiança e que pode  ser reconduzido  ao cargo de prefeito. Varias coisas contribuiram para sua derrocada na eleição passada, desde o nome Valdo do Posto que surge no universo politico do municipio como um fenomeno e que ganharia a eleição  com certa facilidade de qualquer concorrente. Não adianta se discutir o sexo dos anjos, porem Santiago com muito desgaste motivado por pessoas aliadas e parte de seu Secretariado, deveria fazer reformas administrativas substituindo nomes em declinio politico  que o assessoravam mais para agradá-lo que  para orientá-lo. Era comum nas redes sociais aliados irem pra porrada com internautas populares  que faziam reclamesn da gestão, ao invés  desse aliado procurar minimizar crises atraves de conversas, dialogos racionais. Outra coisa, jamais se viu no âmbito da administração pública municipal tamanha e severa disposição para se atacar o Gestor, Com sucessivos processos e reclames na esfera judicial  com o unico fito de desgastá-lo.  Raimundo Santiago não tinha papas na lingua e dizia não se preocupar com reeleição, pois estava alí para trabalhar não pra se promover e que a reeleição o povo iria  decidir.

  6. Rui Baima - Depois de reveses como candidato a vereador, projetou-se definitivamente na politica do municipio como Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais  onde de maneira surpreendente  fez um trabalho admiravel, carreando para o Sindicato em apoio aos Produtores/Agricultores, implementos e equipamentos agricolas, alem de insumos  em suas viagens peregrinando por orgãos estaduais e politicos de influencia, conseguiu  tratores e caminhão para apoio à  produção agricola e fortalecimento da agricultura familiar. Em  modesta opinião, por algum tempo, com seu trabalho,  suplantou até a Secretaria Municipal de  Agricultura com suas ações de trabalho. O ponto forte do Rui é ousar, ir, correr atrás. Com todo o trabalho que fez era cotado como o Vereador que seria mais votado entre os que concorriam ao cargo. Ledo engano! Teve uma votação decepcionante pelo muito que apresentou em sua trajetória como gestor do Sindicato. Rui continua seu trabalho agora como Vereador, mostrando vigor em seu trabalho, porém,  precisa ver o que aconteceu em sua eleição para repaginar sua relação com o eleitor que por seu trabalho foi beneficiadoe quase não produziu retornou ou capital politico. 

  7. Valdo do Posto - O atual prefeito surgiu como um fenomeno nos braços do povo e esse povo o levou para ter uma fragorosa vitoria na eleição pretérita. Não conhecendo nada de Administração Pública, como gestor, deveria se fazer acompanhar de pessoas  que resolvessem as demandas existenciais da Prefeitura obedecendo criterios das legislações que regessem as materias, e não faz. Segue e isso tornou-se público principios e orientações de um empresário do ramo de combustiveis em Itaituba, seu antigo patrão, e recai-lhe a pecha  de ser teleguiado, e com varias denuncias de malversação de recursos  em sua gestão até nos processos licitatórios. Recebeu mais de 17 milhoes de reais, como verba carimbada do governo anterior para a pavimentação asfaltica da cidade  e até o momento, decorrido 9 meses nada fez. Vai precisar repensar sua teleguiada forma de administrar, rompendo com os capos de Itaituba, ouvir seus secretarios se quiser mudar o panorama  atual. Se o prefeito Valdo não fizer alguma coisa para estancar a sangria no erário público que corre nos comentarios na sede do municipio, dificilmente até terminará seu mandato à frente da Prefeitura (sic) comentarios de rua.

  8. Valmar Kabá - Indigena bem articulado, uma referencia para o povo indigena Munduruku, o mais importante aliado do Prefeito Valdo para a captação de votos, e que até pouco tempo atraves de seu trabalho produzia renda e emprego para muitos de seus parentes em Terras Indigenas Sai Cinza e Munduruku, assim como para alguns brancos, conta com uma legião de simpatizantes. De inicio encarou o assedio na Prefeitura do empresariado de Itaituba de certa forma taciturno, porém com o decorrer do tempo ja se manifestava como maléfica a relação da gestão com o pessoal de Itaituba. Creio que está passando da hora  do Povo Indigena eleger um parente  para prefeito. O nome Valmar  poderia ser o mais importante para a coletividade, porém, encontra-se privado de sua liberdade  por uma historia mal contada e que precisa ser revista. Como conheço bem do que escrevo aqui sobre o assunto, e é de conhecimento público,  é fato historico no indigenismo o  branco se aproximar,  assediar, incitar, criar condições que  coloque o indigena no front da batalha e fica  acocorado, recuado, orientando a turba avançar  esperando a bomba explodir praticando o real acometimento de crime como ocorreu,  para sair ileso da peleja sacrificando uma pessoa que foi usada, o indigena. Valmar foi o ultimo indio, até agora a ser usado pelos brancos e está pagando caro por isso.  

  9. Valmir Primavera - Um nome que de forma surpreendente aparece pedindo para ser inserido no contexto político ja que em uma enquete realizada por este Blog o apontou como o mais votado e pertence ao conceituado Grupo Empresarial Primavera, pessoa bem relacionada, muito embora pouco conhecida da população em geral. Pormenores não serão traçados pois desconheço realmente. Creio que o proprio grupo  não se anima com  essa pretensão alçacada por populares  ja que é um grupamento empresarial sólido e que se meterem em política traria serios riscos pela atipicidade da região em que a maioria do eleitor prevalece-se dessas ocasiões para tornar mais oneroso sua preferencia por candidatos.
________
Bronca de leitor do Blog
Recebi comunicação telefonica de um leitor do Blog, da cidade de Jacareacanga reclamando de forma respeitosa, porém dando bastante ênfase que eu estaria equivocado, pois   Valmir  Primavera na aludida enquete supramencionada  não logrou ser  avaliado em primeiro lugar e sim o Everton Sales e Valmir teria ficado em terceiro.

Diante do reclame voltei aos meus arquivos e constatei realmente meu equivoco, pois  coloquei um resultado parcial  que mostrava que naquele momento Valmir estaria em primeiro lugar e na verdade o resultado  final na enquete apontou Everton Sales em destaque sendo o primeiro lugar de forma disparada. Peço desculpa ao leitor  e a todos que constataram o equivoco.