Decisão foi oficializada pelo corregedor geral da PMPA, coronel Ricardo André Silva, na quarta-feira

Texto e imagem Blog do Xarope - Título RP

O corregedor geral da PMPA, coronel Ricardo André Silva, em decisão na quarta-feira, dia 03 de novembro, oficializou a exclusão do 2º sargento Gildson dos Santos Soares, do quadro da Polícia Militar do Pará, que foi denunciado pelo crime de homicídio no município de Santarém, no oeste do Pará, no ano de 2018.

Segundo informações, sargento Gildson dos Santos Soares atuava no Grupo Tático Operacional de Santarém quando, em junho 2018, durante sua folga, matou uma mulher (Sônia Silva Viana, de 40 anos) com dois tiros, e feriu duas pessoas (a filha da vítima de 14 anos e Lucas), bem como agrediu outra pessoa, durante uma ação em junho de 2018 no bairro Santarenzinho.
No dia em que aconteceu esse crime, sargento Gildson dos Santos Soares estava de folga, mas a pistola e as balas que usou contra as vítimas eram da Polícia Militar.
Sargento Gildson dos Santos Soares, que cumpre prisão preventiva em Belém, tem 15 dias para recorrer da decisão, após ser intimado.