Imagem meramente ilustrativa

ALMA SEBOSA CAI NAS MALHAS DA POLICIA MILITAR EM JACAREACANGA E SAI DE CIRCULAÇÃO

ITAITUBA / 05.11.2021 - Contando com valiosa contribuição de um morador local, atraves de denuncia anônima,  em trabalho ostensivo pelo Bairro de Bela Vista, a Policia Militar do 72º Pelotão  de Jacareacanga, sob o comando do Subtenente Braz,  intensificou buscas para prender o indivíduo WILCLEF RAFAEL DE SOUSA, vulgarmente conhecido como Butão, acusado de varios furtos, roubos  e arrombamentos, alem de ser acusado de traficar e fazer o comercio de  entorpecentes na cidade, o foi  encontrado em via pública às -13h30' em suposta atividade criminosa  com mais duas pessoas  em uma motocicleta cor preta. O individuo tentou empreender fuga porém foi contido por policiais da ronda ostensiva que ja o procuravam por varios dias. Feito buscas onde se omiziava  foi flagrado com  14 petecas e uma trouxa de substancia  análoga a "Crack"   pesando 11 gramas, e 28 "biribas"  de substancia semelhante à cocaína pesando 9 gramas, ainda com o meliante foi apreendido o valor de R$ 50,00. Ato seguido em estado de flagrante delito o preso foi conduzido à permanencia da Policia Civil onde foi apresentado,  para providencias cabiveis. 

Muito importanre se ressaltar que o meliante foi preso em plena luz do dia precisamente às 13h30'  suspeito de comercializar entorpecentes, e quando a policia se aproximou empreendeu fuga sendo logo contido. Tal ato dá bem para se avaliar e entender  que a droga está correndo solta no municipio e que apesar da ação policial eficaz a bandidagem age a qualquer hora do dia.

-x-x-x-x-

Mais prisão em Jacareacanga por comércio de entorpecentes em via poblica em pleno dia

Fonte: Plantão 24horas News. trânscrito na íntegra


Um casal, identificado como Christiane Lopes Marciel e Matheus Sousa de Almeida, foi preso, no final da tarde desta quinta-feira (04), por volta das 17h, suspeito de tráfico de entorpecentes no Bairro Bela Vista, em Jacareacanga (PA).

A polícia relata que chegou até os suspeitos após uma denúncia anônima de que na localidade estava havendo a comercialização de entorpecentes. Diante disso, uma guarnição seguiu para o local e, primeiramente, localizou Christiane, que, ao avistar a viatura, tentou se desfazer de uma trouxa de aproximadamente 5,5 gramas de substância aparentando ser maconha.

Ao ser indagada sobre onde estaria o restante do material, Christiane informou que seu marido, Matheus, sabia. De imediato, ela ligou para Matheus, que foi até o local e apontou onde estaria o restante do material: 37 g de material entorpecente supostamente cocaína e 106 gramas de material aparentando ser crack e uma balança de precisão.

À vista da situação, os dois receberam voz de prisão e foram apresentados na UIPP, para a realização dos procedimentos legais cabíveis.