JACAREACANGA (13/11/2021)Sob o comando do Sub-Tenente Bráz, uma Guarnição   Policial Militar composta pelo 2º Sargento Josué, Cabo Fábio Oliveira e Soldado Alan, em patrulha pelas vias públicas da cidade, depararam-se com  elementos desconhecidos se esgueirando  proximos a uma residência, aproveitando ao favorecimento de uma  rua mal iluminada  e outro em uma motocicleta  todos em atitudes suspeitas, ocasião em que   foram abordados pela guarnição concorrendo para que dois deles corressem e  homisiassem em uma residência, enquanto o condutor da motocicleta Honda Fan 160 cor vermelha placa QEG-6472 empreendeu fuga em alta velocidade, no entanto com  a habilidade do condutor policial  da viatura foi feito o alcance do  meliante suspeito, de nome  RAELSON  DA SILVA  de 22 anos e que depois da busca pessoal atraves dos Policiais Militares foi flagrado com  4 trouxas  de substancia análoga a Cocaína  com peso aproximadi de 5 gramas, alem de um telefone celular  e a  importância de R$ 246,00. Ato seguido o suspeito em flagrante delito foi conduzido à Permanencia Policial  para ser lavrado os procedimentos obedecendo as formalidades legais. 

Infelizmente as ações das Almas Sebosas  que encontram terreno fértil no Municipio de Jacareacanga na sede e principalmente  interior, notadamente na  região garimpeira  para comercializarem e disseminarem entorpecentes  são maiores que o poder da Policia Militar e Civil em contê-las.

A entrada da substância ilegal  pode ocorrer de varias maneiras, nos transportes de cargas e passageiros que transitam entre Jacareacanga e Itaituba, bem como por Apui, que deve receber o bagulho para comercialização de Rondonia ou do proprio Amazonas que está ligado  territorialmente a menos de 70 km da sede de Jacareacanga. Tambem a navegação fluvial pode facilitar esse caminho de tráfico  que  tambem é distribuido e esse é o alvo preferencial das Almas Sebosas titulares, para as regiões garimpeiras.

Para se equacionar esse problema é facil pressupor que o quantitativo da Policia Militar no minimo deveria ser triplicado e  em consequencia o aparato em transporte para a Unidade Policial também. É facil perceber que os caminhos para se interiorizar no municipio as estradas são fluviais, a estrada e vias de deslocamentos são os rios e igarapés  e pelo que se sabe mesmo a policia fazendo ações nos principais aglomerados garimpeiros, depende sempre de transportes que tem horarios para sair e chegar. Como então a policia poderia dar uma incerta em determinados lugares da região garimpeira se quando  sai transporte  para esses  lugares de destino, ja se sabe de antemão na mesma hora quem está sendo transportado.