JACAREACANGA 26.12.2021 -  Ao coletar informações para atualizar a reportagem publicada no inicio da tarde  neste Blog, conforme prometido, que diz respeito ao assassinato de um jovem neste dia, fizemos uma ligação telefônica para o Sargento da Policia Militar  Aldemir que encontra-se como subcomandante da Guarnição Policial de Jacareacanga. Antes   de registrar em detalhes as informações  sobre o assassinato ocorrido hoje em via publica, a Guarnição comandada pelo Sargento  Aldemir  estaria no momento dividida em  dois  flancos de ação policial, o primeiro em conduzir ao Hospital Municipal duas pessoas  alvejadas por arma de fogo agora no inicio da noite em tentativa de execução, e o segundo flanco  da guarnição na caçada aos elementos que atiraram nas vitimas.

Sobre as pessoas baleadas à pouco, seus estados  de saúde  inspiram  cudados, porém,  não foi fornecido detalhes pelo militar, no entanto indicam  que são desinteligências produzidas por acertos de contas devido ao comércio contínuo de entorpecentes.


Sobre o episódio desta manhã que ceifou a vida de um jovem conhecido da sociedade em que até suspeitou-se que seria refrega de policiais com traficantes, na verdade a execução  foi de autoria de um homem de vulgo de Nêgo Pôney, segundo informação da Policia, e que o elemento que aparece na postagem sendo preso seria parceiro do jovem assassinado que embrenhou-se no mato para fugir da execução ja que o alvo seriam os dois parceiros que estariam juntos. Após ser contido e preso pela policia, a PM achou a arma que estava munida com o preso  denotando tambem que estaria preparado para o confronto com  Nêgo Pôney.  

Desnecessário dizer que os quatro ultimos crimes que ocorreram em Jacareacanga e que até o momento foram a óbitos dois jovens, não tenha  o DNA  do tráfico de drogas na  região e como polo de distribuição a cidade de Jacareacanga.

Não se pode exigir tanto da polícia sem lhe ser oferecida condições para favorecer a  eficiencia, que conta com diminuto quadro de militares para cobrir alem da cidade, as regiões de garimpos que são extensas com insuficiencia de recursos em transportes fluviais ja que as estradas da região do alto Tapajós são os rios, igapós, e igarapés e até o transporte terrestre está limitando as ações de trabalho pois uma envolveu-se em um sinistro trafegando pela precária ROD 230.

A solução à curto prazo  é nutrir o contingente policial com mais recursos humanos e especializados, oferecer  melhores condições que o CPRX dentro de suas limitações  atraves do 15º Btl de Policia MIlitar está dando ja que é necessario  como supramencionado devido a complexidade  de acesso às regiões garimpeiras  recursos humanos e condições de transportes fluviais. e como solução imediata  o deslocamento ainda hoje de um pelotão  da ROCAM, para dar suporte ao trabalho dos policiais da guarnição local.

______

Imagens alcancadas na internet