Vereador Peninha
A falta de combustível paralisou os serviços de manutenção e recuperação da Rodovia Transamazônica(BR-230), no trecho Itaituba-Jacareacanga, disse na manhã de hoje(7) no plenário da Câmara Municipal de Itaituba, o vereador Peninha.

O edil denunciou que a empresa VF GOMES CONSTRUTORA, responsável pelo serviço de manutenção e recuperação do trecho localizado entre a comunidade de Sol Nascente e o Km 302, sentido Itaituba-Jacareacanga, está parado por falta de combustível.

Fazem exatamente 7 dias, uma semana que as máquinas estão paradas na comunidade de Sol Nascente, disse Peninha. O pior, a empresa tem ali apenas uma caçamba, um trator e uma pá carregadeira.

Outro assunto abordado pelo vereador Peninha na sessão, foi sobre a Ponte do Rio Cupari, no trecho Itaituba Rurópolis. O parlamentar disse que a Ponte está construída há mais de 7 anos e até hoje não é usada. “Está abandonada e o mato tomando conta”, lembrou Peninha.

O vereador disse que o Governo Federal gastou milhões e até hoje não foi construído o aterro sobre as cabeceiras desta ponte. Enquanto isto, os veículos continuam usando as pontes de madeira ao lado, colocando em risco a vida dos que trafegam sobre elas.

Quem passa ali, ver aquele ‘elefante branco’ construído por milhões de reais, com dinheiro publico, abandonado. Por que até hoje não foi construído o aterro sobre a cabeceira desta ponte? Por que está ponte não está sendo usada? Perguntas que merecem resposta do Ministério da Infraestrutura e do DNIT”, afirmou o edil.

O vereador, no final da sessão apresentou requerimento pedindo ao Ministro da Infraestrutura, TARCÍSIO FREITAS, para que determine ao DNIT uma fiscalização rigorosa nas obras de manutenção e recuperação da Rodovia Transamazônica, trecho Itaituba- Jacareacanga, assim como também que, seja determinado ao DNIT a construção em caráter de urgência do aterro na cabeceira da ponte sobre o Rio Cupari, para que seja usada de imediato.

O Impacto