JACAREACANGA - Geane e Roberta Madysa que abaixo daremos suas qualificações, de uma hora para outra resolveram criar um Grupo Social no whatsApp e estão fazendo história na vida politica  e social do municipio saindo de suas zonas de conforto,   simplesmente, criando vinculo com a  comunicação atraves da rede mundial de computadores/Internet para execuções e  ações que impactaram de forma positiva a municipalidade, beneficiando pessoas  em situação de necessidade temporária e até em risco de exclusão social, luta essa engajada com as autoridades do municipio.

A ideia inicial não se fundamenta em pretensões politicas e sim cobrar de maneira respeitosa das autoridades competentes  os trabalhos de suas responsabilidades constitucionais para beneficio do povo. Vez em quando as duas mulheres são vistas na Câmara de Vereadores ou no Gabinete do Prefeito cobrando ações e levam proveito, pois a metodologia que empregam é facilmente assimilada pelas autoridades pois como são originárias do seio da sociedade local sabem bem onde o "sapato aperta" principalmente quando há  escassez na distribuição de água, problemas na coleta de lixos, na sofrivel oscilação e falta de energia de responsabilidade da Equatorial e em outras atividades. 

O propósito inicial das duas guerreiras, como são chamadas, era contribuir  para  ser colocado um basta na falta de segurança pública no municipio, devido a facilidade da disseminação de entorpecentes  e no alto indice de furtos e até assassinatos em via publica. O Trabalho tornou-se tão eficiente  que a dupla abriu um leque de ações que muitas pessoas pediram para que  beneficiassem o povo diretamente,  como ajuda em passagens para deslocamentos de pessoas necessitadas, aquisição de medicamentos e até outras ajudas como aquisição de materiais de construção  para beneficio de pessoas sem habitação digna. Como as necessidades são maiores que as condições de se fazer chegar ajuda às pessoas carentes, mesmo com um trabalho sólido da Secretaria de Ação Social, as duas fazem  pedido no proprio Grupo em que pessoas que demonstram solidariadade humana contribuem de forma voluntária, e o produto de doações é prontamente aplicado de público. Com efeito  e exemplo surgiu no final do ano farta doação de alimentos. O  Grupo comandado pela dupla de mulheres brilhantes e solidarias, fez distribuição de várias cestas básicas de alimentação levando àquelas casas onde a miséria, a carência produziram necessidades, um pouco de conforto e amor ao proximo.

Ao final do ano, as supramencionadas administradoras do Grupo fizeram uma enquete no proprio grupo para avaliar o trabalho dos funcionarios do Poder Executivo e Vereadores para levarem à consideração dos demais membros do grupo o trabalho de cada qual. Apesar de poucos membros do grupo opinarem em um universo de 252 membros, as Administradoras declararam que o importante  mesmo era pelo menos uma minoria ter voz representando todo o grupo para fazer justiça àqueles que se destacaram em suas funções:



Assessores do Governo:

  • Waguinho 11 votos 
  • Francisco  3 votos
  • Reinaldo 2 votos 
  • Embaixador 2 votos 
  • Selma 1 voto

Diretores de escola 

  • Marinalva 7 votos
  • Leia 2
  • Edson Godoi 2 - Não é diretor, mas foi votado

Secretaria de Assistencia Social 

  • Primeira dama Edriane
  • Jeferson 
  • Gilmar de souza assistente social  (Não foi fornecido numero de votos)

Secretários de Governo:

  • Maik 7 votos
  • Fabricia 6 votos 
  • Alan  5 votos
  • Luciano 4 votos


Vereadores: 

  • Raineiry 18 
  • Everton 11
  • Rui 9
  • Antônio Goiano 2
  • Xavier 2
  • Gersinho 2 
  • Geovane 2

Diretores de setor 

  • Manoel Junior 14
  • Arley 9
  • Bode 5 
  • Bene 2 

Abastecimento de água:


  • Caio Henrique
  • Gustavo cesar
  • Juan laricio
  • Manoel dos Santos
  • Riquelme de Oliveira (Não foi fornecido numero de votos)

Conselho Tutelar

  •  Arinos (unico conselheiro votado)

Obs. A relação foi postada na íntegra tal qual foi recebida. Destacam as admnistradoras do Grupo que registram a atuação digna e valiosa dos garís.
____
Quem é Geane Almeida, tem cinco filhos e vive conjugalmente sob o dominio de união estavel, é funcionária pública municipal, diz que apesar de sua luta em suas atividades de trabalho e de dona de casa em contato com a amiga Roberta o assunto maior era o que tangia a falta de segurança publica no municipio e resolveram criar um Grupo e a correspondencia com as pessoas  foi imediata e que sugeriram fazer cobranças devido as mazelas que permeavam a vida das pessoas da municipalidade. Demonstra felicidade quando verifica  que seu projeto com sua amiga Roberta alcançou um nivel ate que não imaginavam e mudar um pouco para melhor a vida das pessoas, pra sí é muito satisfatório. Sobre alguns comentários que queriam se projetar politicamente para concorrer a cargo eletivo fala Geane que isso nunca foi seu propósito.

Roberta Madysa - É casada, trabalha em uma loja possuindo  tres filhos, dois deles adolescentes, e que seu temor maior é a falta de segurança pública no municipio devido, com  farta distribuição de drogas, trabalha em casa e em sua loja, e alem de cuidar de seus filhos, se preocupa muito com o futuro dos jovens em uma cidade em que a falta de  segurança pública é seriamente sentida. O encontro com sua amiga Geane foi em conversas amenas atraves de telefone e como as duas com familias e filhos tinham as mesmas preocupações ocorreu a feliz ideia. Sobre comentario de almejarem cargos eletivos  diz que não é o propósito  que almeja e sim ajudar um pouco quem mais precisa. Fala ainda que não tem bandeira politica e que para falar mal de um politico ou outro, não trás resultado bom  para a população e que o segredo é ter bom relacionamento com eles para tirar proveito em defesa dos mais humildes e necessitados.
_____________
OBSERVAÇÃOSobre a ideia das duas mulheres em organizarem um grupo para pedir providencias, interagindo com outras pessoas, das autoridades contra a ineficincia da Segurança Pública, não necessariamente foi sobre a disseminação de drogas no municipio pois isso é um caso complexo e a policia vive constantemente  em função de conter mais esse ilicito... o problema que os moradores estavam assustados e vez enquando estão é com  a onda de furtos, roubos e assaltos que ocorrem pela cidade, onde  quase todos os dias havia  e há registro de uma casa arrombada, furtos de motos e até assaltos à mão armada como em uma compra de ouro.