PÉ NA COVA

Nesta quarta-feira (26), dois irmãos se vingaram matando um homem, suspeito de ser autor da morte de outro irmão.

 quinta-feira, 27/01/2022, 11:20 - Atualizado em 27/01/2022, 14:53 -  Autor: DOL Carajás com informações de Sandra Regina

 Equipe da polícia realizou buscas e encontrou o atirador e a arma usada no crime. | Divulgação

A pena de crime por vingança não existe no Brasil, e por esse motivo se enquadra no homicídio doloso por motivo torpe, de ódio e vingança ou honra ferida. Nesse caso a vítima não tem possibilidade de defesa e a pena pode variar entre 10 e 20 anos.

Nesta quarta-feira (26), dois irmãos se vingaram matando um homem que supostamente teria matado outro irmão deles há poucas semanas.

A vítima, conhecida como “Junior Pé na Cova”, saiu do presídio há poucos dias e foi assassinado com tiros à queima roupa, disparados pelo acusado Gessivaldo Souza Gama. O crime aconteceu em Santana do Araguaia, sul do Pará.

Veja também!

Ladrão leva celular, mas rastreador leva Polícia até ele

Médico acusado de erro depõe sobre morte de gestante

O outro irmão que participou da ação vingativa, que é adolescente, além de uma moto utilizada na prática do crime foram apreendidos durante diligencias policiais, enquanto estavam no bairro Seringal.

 Com os dois a Polícia encontrou a arma do crime | Divulgação

As buscas continuaram até que foram encontrados o atirador e a arma utilizada no crime. Os irmãos justificaram que o que teria motivado o crime foi vingança pela morte do irmão deles.

Tanto a vítima “Junior Pé na cova”, quanto o atirador Gessivaldo, possuem grande histórico criminal. 

A polícia Civil e Militar em ação conjunta realizaram as buscas e as apreensões. (Sandra Regina)