Foto meramente  ilustrativa - RP

Portal OESTADONET - 22/02/2022

Esclarecimento da AngloGold Ashanti sobre mineração em Terras Indígenas

 

A AngloGold Ashanti informa que não opera e não tem interesse em operar em Terras Indígenas (TIs), com foi divulgado nesta reportagem sob o título Instituições financeiras investiram R$ 270 bilhões em mineradoras com interesses em terras indígenas na Amazônia.

 

Em nota enviada ao Portal OESTADONET, a empresa informa que "Na década de 1990, a produtora de ouro solicitou requerimentos de pesquisa mineral em diversas regiões no país. Três dessas áreas posteriormente foram demarcadas como Terras Indígenas (TIs), o que levou a companhia a desistir das mesmas. A decisão foi protocolada junto à Agência Nacional de Mineração (ANM) no final da década de 1990. No entanto, como não houve atualização do processo no sistema da ANM, a AngloGold Ashanti ratificou a retirada do requerimento de pesquisa em 21 de junho de 2021. Atualmente, os investimentos da empresa no Brasil estão concentrados basicamente na expansão de suas minas localizadas em Minas Gerais e Goiás."

------

Foto ilustração RP