Movimento deve iniciar as 00h01 desta sexta (11); A decisão foi tomada como protesto as ações violentas de órgãos federais nos garimpos da região.

Através de um manifesto divulgado nesta quinta-feira (10), os Garimpeiros Independentes do Alto Tapajós anunciaram que irão paralisar a BR-163, em Moraes Almeida, distrito de Itaituba (PA), para passagem de veículos, só será permitido a passagem de carros oficiais e ambulâncias. O movimento deve iniciar as 00h01 desta sexta-feira (11), em protesto as ações violentas de órgãos federais que vem ocorrendo nos garimpos da região.

Segundo o manifesto, o movimento será pacífico, e ocorrerá porque os órgãos governamentais estão destruindo e desrespeitando o devido processo legal, no lugar de fiscalizar, uma vez que eles destroem patrimônios aleatoriamente, inclusive bens de propriedade dos garimpeiros, produzindo inclusive crimes até mais graves contra os cidadãos que tem seus direitos assegurados pela Constituição Federal. 

O protesto tem como alguns objetivos: cessar as operações arbitrarias e reivindicar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre Ministério Público Federal e os empreendedores do garimpo do estado do Pará; a liberação de áreas que estão a muito tempo com processos em análise nos órgãos competentes; um novo estudo para revogação e/ou alteração da Flonas e Parques que foram efetivadas de forma arbitrárias. 

Os manifestantes responsáveis pelo movimento, que será por tempo indeterminado, representam cerca de 200 mil pessoas que dependem exclusivamente da mineração.  

O manifesto afirma que os garimpeiros não aceitam mais as operações da forma que estão ocorrendo. E relembram que a pautas em questão foram uma promessa do atual presidente da república, Jair Bolsonaro. Dessa forma, os manifestantes aguardam uma solução imediata do problema. 

Fonte: Portal Giro