ITAITUBA, (07.03.2022), Desde as primeiras horas deste dia, forte chuva castiga a Cidade Pepita  e devido o volume elevado e prolongado de  preciptação  pluvial  com certeza danos estão  sendo  causados, como alagamentos pela cidade e principalmente nos aglomerados periféricos.

Um dos trabalhos mais intensos da Gestão Valmir Climaco em suas obras estruturantes de saneamento básico para escoamento  de aguas servidas e de chuvas da cidade muitas vezes torna-se prolongado esses trabalhos e edificações devido o ordenamento natural do espaço geográfico onde localiza-se  a cidade  que é entrecortada, por baixios,   igapós, e áreas similares a pequenos  espaços pantanosos.

Imagens meramente ilustrativas

Entre tantos pontos críticos existentes na sede do municipio citam-se, area pantanosa do Pai velho, que corta toda o bairro da Floresta e Liberdade, percorrendo paralelamente  a Oitava Rua da cidade baixa cortando a região central, ultrapassando a antiguissima porém ainda na lembrança dos  antigos da cidade, a Ponte do Carneirão até desembocar  na vila Caçula no Rio Tapajós. Grande parte do trecho ja se encontra açoreado pela ação prolongada de atividades humanas  nas margens, fazem as  aguas estagnarem e concorrer para produzirem transtornos. Temos também as aguas da Lagoa dos Patinhos que apesar em seu nucleo inicial para urbanização do espaço ter sido aterrada,  percorre trechos subterranos evidentemente no subsolo e aponta em outras regiões perifericas fim seguir seu curso normal.


O prefeito municipal para a pavimentação asfaltica da cidade que tem  grande parte de suas vias públicas pavimentadas precedeu tal trabalho   recuperando e construindo  redes e galerias de esgotamento de águas, muito embora  as necessidades de se criar  uma malha de esgotamento em toda a cidade, por sua complexidade e dimensão concorra para os serviços serem feitos por etapas.

Com certeza nesta manhã em que cessa gradativamente a chuva neste instante, e como ja é costume do Prefeito estar junto com o povo,  Valmir Climaco e sua equipe da Seminfra devem estar nas ruas comandando trabalhos de desubstrução de galerias que entopem devido a própria municipalidade se encarregar de contribuir para a obstrução dos bueiros e galerias por exporem em vias públicas lixos e entre esses, garrafas pet  e as águas carrearem para as galerias provocando o previsivel entupimento da rede de esgotos obstruindo o curso natural das aguas, concorrendo para alagamentos. 

É fato que a Prefeitura nutre a cidade com um bom  trabalho de coleta regular de lixo, porém o desleixe e falta de compromisso  de muitas pessoas ocasionem um relaxamento que provoca jogarem em via pública os lixos que produzem em seus comércios e residências.