Cmte. Léo Rezende

ITAITUBA, (17.03.2022) - Imortalizado  na memória e coração do Povo da Amazônia, desde os confins do Oiapoque/AP, passando pelo Estado de Roraima em voos de garimpos, e tendo depois fixação definida em Itaituba e região, percorrendo caminhos da aviação comercial, ligando este Brasil de dimensões continentais,  recorda-se hoje do fatidico acontecimento que vitimou por causas naturais, o grande ser humano LÉO REZENDE, figura admiravel por defender pontos de vistas progressistas em defesa da Amazônia e com admiravel visão mais ampla, a nação brasileira. Patriota por excelencia, defendia a plenitude do Estado Democratico de Direito como pilar sólido para a garantia de direitos do ser humano.

Um exímio aviador, cidadão de bem, filantropo por excelencia; membro ativo e de grande expressão além da sociedade local, prestava seus inumeros e destacados trabalhos de cunho social, voluntariamente, atraves da Loja Maçônica Construtores da Arte Real nº 4266, Federada ao Grande Oriente do Brasil do qual era um esmerado membro.

Deus recolheu deste plano LÉO REZENDE, registra-se hoje,  um ano de sua morte física,  para que se cumprisse os designios do Todo Poderoso  Deus, o Grande Arquiteto do Universo.

Léo atravessou parte  do pico da pandemia que assolou o mundo, cuidando-se e protegendo-se com medidas preventivas de uso costumeiro com o uso de máscara de proteção e hábitos alimentares e suplementares com medicamentos  para manter sua imunidade, com o unico fitoem evitar o contagio da COVID-19, que por uma trapaça do destino o levou de nosso convivio, mas eternizou-se por suas façanhas de um bom homem, no coração de um povo!