Bizarro

18/03/2022

 Reprodução

Objeto, que estava envolto por uma pedra de 8 cm de largura, foi removido após cirurgia

Após sentir fortes dores na região abdominal, uma mulher de 45 anos decidiu procurar ajuda médica. Inicialmente, a suspeita era de infecção urinária, mas o diagnóstico surpreendeu.

 

Uma radiografia revelou que, na verdade, as dores eram provocadas por um copo de vidro que estava alojado na bexiga da mulher. O objeto, conforme a revista científica Elsevier, estava envolto por uma pedra de 8 centímetros.

 

Aos médicos, a paciente admitiu que estava com o copo inserido dentro do corpo há 4 anos. Ele foi parar na bexiga dela após uma brincadeira sexual. A prática, perigosa, consiste na introdução de um objeto na uretra - orifício por onde as mulheres urinam - para aumentar o prazer.

 

No entanto, o risco do objetivo ficar preso no corpo é alto. E foi o que aconteceu com a paciente, que mora na Tunísia. Ela ficou com vergonha de procurar ajuda na época e permaneceu por todos esses anos com o copo dentro do corpo.


"Vários objetos foram inseridos na bexiga e muitos pacientes não conseguem removê-los sozinhos e ficam muito constrangidos em procurar aconselhamento médico", diz trecho da revista científica Elsevier, que descreveu o caso.


Mas, neste ano, após não tolerar as dores, procurou ajuda e foi operada no Hospital Acadêmico Habib Bourguiba, na cidade de Sfax. Ao abrirem a pedra, os médicos encontraram o copo de vidro intacto.

 

Fonte: O Tempo

Extraído do Portal do Zacarias