Imagem alcançada na internet

ITAITUBA, (07.03.2022) - O Chefe de Gabinete Israel Santos do Governo Municipal, trocou em miúdos a exaltação  do Prefeito Valmir Climaco motivado  por seu súbito estado etilico, ja que não é dado   ao costume de ingerir bebidas alcoolicas, e como forma de extravasar sua alegria incontida motivada por instantes antes, ter sido laureado por um Instituto de  Avalação Social como destaque empresarial e  gestor municipal muito bem avaliado.

Na verdade Valmir como Prefeito, adotou um estilo, para disfarçar sua nítida timidez, e daí traiu-se  em interagrir com estilo e vicissitudes  na linguagem popularesca. É completamente  admiravel, ver o Prefeito em pleno exercicio de seu trabalho, tomar assento à beira de uma sargeta para conversar  com pessoas humildes, ambulantes, amigos garimpeiros, e enveredar pelo linguajar que tras em seu bojo, vocábulos, como brefo, varou, cuma,  não porque conspira contra o portugues, e sim para nivelar sua humildade com aquela pessoa que interage consigo. Pessoas essas, na maioria das vezes  que começaram juntos a labuta pela vida, e como Climaco prosperou por seu trabalho e luta e com  a confiança de milhares de pessoas que o tornaram prefeito, nivela-se àqueles seres humildes com quem toma assento e enceta conversações para dar-lhes valorização social e esses dizerem que Valmir não mudara tanto apesar de ter prosperado na vida e ser o prefeito do municipio. Ninguem desconhece que hoje o Prefeito, sabe como poucos fazer politica e isso o ajudou a conquistar enormes progressos não somente para Itaituba como para toda  região cincunvizinha.

Voltando à atividade social a qual partricipara, e até certo ponto exagerando sua interação com os presentes pelo Scoth degustado, é inimaginavel que referiu-se de forma grotesca ou preconceituosa aos presentes notadamente às mulheres em uma casa norturna ou tentou constranger pessoas chamando-as de "raparigas" é bom lembrar que a atitude populista do Prefeito somado aos drinques ingeridos e por não ser contumaz e/ou  afeto à bebidas alcoolicas, seu ímpeto de alegria pelo reconhecimento agraciado poucas horas antes, atingiu realmente algumas pessoas que na verdade não conhecem o suficiente o Empresário e Homem  público. 

Por oportuno lembra-se, que mesmo alguns núcleos midiáticos que se interpõe ao Prefeito atraves de críticas (oposição), e isso é salutar ao estado democrático de direito,  viram que ninguem se sentiu  ofendido no momento nem esboçaram reação negativa, não ocorrendo  censura, apupos e em sua maior parte a galera presente fazia coro aos gracejos que o Prefeito nitidamente  para interagir exagerou nem assacar ofensa contra pessoas específicas.

Creio que a diminuta oposição que está fazendo estardalhaço com esse feito popularesco do Valmir é para contrapor-se à performance do homem trabalhador, sério, que deu nova domensão de progresso para o municipio como Gestor Municipal.

Antes que seja perguntado,  confirmo que não estou sob salário da Prefeitura, não vejo o Valmir há muito tempo, não voto nele, pois meu domicilio eleitoral é de Jacareacanga. Agora ignorar sua profícua e duradoura gestão em defesa do municipio e região, deve ser peculiar de cegos mentais.

-Voce cortaria a perna da mula se te desse um coice? 

Valmir tem uma digna esposa, quatro filhas salvo engano, seus principais assessores tanto do ramo empresarial quanto do serviço público são mulheres que são assazmente respeitadas e evidente não iria de publico desrespéitar ninguem. Ao chamar de raparigas as mulheres presentes no evento, de forma inequivoca se evidencia que Valmir usou força de expressão para graciosamente interagir com o povo, com interagiu quando um cantor  de nivel internacional esteve  em Itaituba se apresentando em um show bastante concorrido, em que estando com sua familia em referido acontecimento social subiu ao palco e representando o povo de nosso imenso municipio homenageou o artista e deu-lhe um mimo visando exclusivamente  divulgar nossa região duramente castigada pelos horrores da repressão contra  a garimpagem ilegal