FEMINICÍDIO

Daniara Rodrigues de Couto tinha apenas 20 e foi assassinada em casa pelo ex-companheiro, Erisvaldo Souza Silva. Ele ainda simulou uma tentativa de suicídio antes de ser preso pela Polícia Militar.

 segunda-feira, 11/04/2022, 18:31 - Atualizado em 12/04/2022, 20:24 -  Autor: Alessandra Gonçalves

Uma mulher foi assassinada pelo ex-marido, em Marabá, no sudeste do estado. O ex-casal possuía três filhos e a mulher estava grávida de 2 meses. O homem não aceitava o fim do relacionamento com a vítima. 

Daniara Rodrigues de Couto, de 20 anos, foi assassinada na casa dela, por volta de 21h30 do domingo (10), na Rua Piauí, esquina com a Rua São Paulo, no Bairro Belo Horizonte, no Núcleo Cidade Nova.  O homicida e ex-marido da vítima, Erisvaldo Souza Silva, de 22 anos, havia saído do culto de uma igreja evangélica pouco antes de cometer o feminicídio.

De acordo com o tenente Rodrigues, da Polícia Militar, a guarnição foi acionada por um vizinho que contou que estava escutando há algum tempo a briga do homem e da ex-mulher. Mas, que em dado momento houve um silêncio. Ao olhar por cima do muro, o vizinho percebeu uma poça de sangue e a mulher deitada. 

 

Mulher foi assassinada com várias facadas pelo ex-marido
 Mulher foi assassinada com várias facadas pelo ex-marido | James Oliveira/ RBATV 

Ele imediatamente ligou para o 190. Quando os policiais chegaram ao local constataram que a vítima estava morta. Daniara Rodrigues foi assassinada com várias facadas no pescoço e tórax. A lâmina da faca quebrou e ficou cravada no peito dela.

Erisvaldo Souza Silva não se conformava com a separação
 Erisvaldo Souza Silva não se conformava com a separação | Divulgação

O crime só não foi presenciado pelos filhos, pois as crianças haviam ficado na casa da mãe dela. Os militares fizeram diligências e com informações da população, conseguiram prender em flagrante Erisvaldo na casa da mãe dele. Ele foi encontrado sentado no chão com um corte profundo no pescoço.