PODERES LEGISLATIVO E EXECUTIVO SE MEXEM E ENCAMINHAM EMISSÁRIO PARA MAUÉS/AM  TRATAR ASSUNTOS DE IMPLANTAÇÃO DE PROJETOS EM TERRITÓRIO DO ESTADO DO AMAZONAS,  E JACAREACANGA COMO FICA? - BRINCADEIRA TEM HORA! 


JACAREACANGA-PA (08.04.2022)  Soa, de todo modo profundamente estranho o Governo Municipal constituído dos Poderes Executivo e Legislativo de forma inédita planejar implantar, sem precedentes na história estruturas em edificações no Estado do Amazonas,  já que não está nem fazendo seu dever de casa no município em nosso Pará, vez que não estão sendo construídas ao menos escassas edificações  estruturais em nosso extenso município, se incomodar em fazer  abruptamente buscas junto a Prefeitura de Maués para que seja implantado desenvolvimento  e execução de PROJETOS nas áreas de Educação, Sistemas de Abastecimento de Águas, e Energia Elétrica   na Comunidade  Pedro Colares, cuja, situa-se geograficamente no município de Maués área territorial do estado do Amazonas. Algo que surpreende  porém é ver nossos dois Poderes constituídos, coesos, repentinamente abandonando núcleos humanos partes integrantes do Município de Jacareacanga por qual seus representante legais os vereadores, Prefeito e Vice,  foram eleitos, para legislarem e trabalharem em torno dessa municipalidade, abandonarem seus deveres constitucionais para onerando o erário Público de município querendo promover  implementação e execução de projetos em município do Amazonas. Isso mais parece um ardil  ou presepada! Veremos mais à frente. Ja imaginou? Jacareacanga paupérrima, com uma economia estraçalhada,  oferecendo mão amiga  para celebrar parceria e cooperação para implantar  escola, abastecimento de Agua e luz em outro estado, em uma Comunidade que pertence a um pujante município como Maués. Não dá para entender e uma pergunta surge:  -O porquê dessa generosidade não se estender em tantos aglomerados humanos que temos e  estão na penúria?

Tem algo de podre ou mal contado nessa história

Tal ação configura-se como precipitada e pouco pensada,  quando começa a ganhar corpo, partindo do pressuposto a partir do momento de forma atabalhoada, sem mesmo se ter agendado reunião com o Prefeito Municipal Junior Leite  de Maués foi preparado o deslocamento do longevo e experimentado Vereador Gerson Manhuari Barbosa Munduruku acompanhado de sua assessora parlamentar para o deslocamento   à cidade de Maués às pressas (Poucos dias depois da Instauração pelo MP de uma NOTÍCIA DE FATO), para tratar assuntos com o  intento  abaixo subscrito,  conforme parte reproduzida da Portaria de deslocamento do nobre edil e com a finalidade da viagem especificada (Veja parte da Portaria)

Na verdade leitor do Rastilho a viagem do emissário dos Poderes Legislativo e Executivo surpreendeu, considerando que nos 30 anos de Prefeitura e Poder Legislativo de Jacareacanga  jamais e em nenhum  momento, políticos de Maués e Jacareacanga trataram qualquer assunto sobre suas atividades e responsabilidades constitucionais, sequer se conheciam, e subitamente Jacareacanga em meio a uma crise econômica sem precedentes, e que a Gestor do Executivo Municipal é contestado de todas as formas em sua capenga administração, estende a mão  com bênçãos para celebrar entendimentos  e tratativas com Maués cuja a finalidade seria beneficiar  a Comunidade Pedro Colares.

Temos que despertar o leitor para três situações que estão preocupando alguns dos nossos políticos de Jacareacanga, senão vejamos:

 No dia 23/12/2021 Em matéria intitulada JACAREACANGA  POLITICAMENTE  NA CONTRAMÃO DA TRANSPARÊNCIA  COM A COISA PÚBLICA  o Site Rastilho de Pólvora entre outros assuntos traz à tona a abertura de uma estrada clandestina no interior do Estado do Amazonas feito pela Prefeitura Municipal de Jacareacanga (Quer Ler a matéria clic👉 AQUI)

2º No dia 22.03.2022 sob o titulo PMJ - SOCIEDADE ALTERNATIVA /Como diria Raul Seixas: "Faz o que tú queres, pois é tudo da lei" Confirma a abertura da estrada com sua construção e conclusão  eivada de irregularidades, sem certame licitatório, contrato e as cautelas da lei ambiental e construída  em outro estado. A conclusão da estrada e entrega foi  celebrada com festiva participação  de alguns Vereadores e servidores identificados nas postagens supra. Sua Excelência o Presidente do Poder Legislativo Giovani Kabá que cortou a fita do ato de  inauguração  não poupou rasgados elogios ao Prefeito municipal, que estaria naquele momento recebendo  menções elogiosas por ter cumprido com o compromisso celebrado e cumprido com a comunidade  quando estava em campanha. (Quer Ler a matéria clic👉 AQUI)

3ª No dia  23.03.2022 Sua Excelência a Promotora de Justiça de Jacareacanga ao receber a postagem, suplicada como denúncia determinou de imediato  a instauração de uma NOTICIA DE FATO   SIMP nº 000142-044/2022  para apurar responsabilidades. (Quer ler  a matéria Clic AQUI)

Isto posto, volta-se para a empreitada que teve o Vereador Gerson Manhuari de se deslocar à Maués para encontrar-se com  Gestor do Executivo daquele município Amazonense Junior Leite sem mesmo marcar audiência, e ao chegar em Manaus o parlamentar com assessora abortaram a viagem imediatamente para a cidade de Maués devido ter sido informado que o Prefeito e seu staff e ainda os vereadores do município  estariam em sucessivas reuniões com políticos da Capital Baré, o que ocasionou o Vereador de Jacareacanga traficar influência com os assessores do Prefeito  para recebe-lo com a finalidade de tratar assuntos que seria de interesse de seu Governo e que Jacareacanga  estaria ali para celebrar parcerias. O intento de Gerson Mahuari não produziu efeito positivo  ja que a  assessoria do Prefeito disse-lhe que não teria como o Prefeito o receber por encontrar-se com sua agenda completa e com tempo indisponivel para recebê-lo. (Cá pra nós, esse procedimento chama-se canto de carroceria)  Como redundou infrutífero o encontro, o representante de Jacareacanga com sua agenda vazia ficou alguns dias em Manaus, aguardando o dia do retorno com passagens pelo que se supõe previamente marcadas, e  sem ocupação aparente, conhecendo a Capital dos Amazonenses. Muita satisfação foi manifestada por sua assessora, que visivelmente contagiada por alegria em estar visitando Manaus posou para fotografia, com a finalidade de registrar lembranças (Vide abaixo) que logo postou em suas redes sociais e da qual  extraímos algumas  para mostrar a satisfação de participar  da comprovada, mesmo, infrutífera viagem de apoio parlamentar. 


O QUE MESMO O VEREADOR GERSINHO FOI FAZER EM MAUÉS?

Com certeza que celebrar convênio para fazer Escola, Sistema abastecimento de agua e Sistema de energia  entre outros para a Comunidade de Pedro Colares, conforme dispõe sua Portaria de viagem não foi, e justificam-se as razões.

PROJETO DE ESCOLA – De onde sairão recursos da empobrecida, e agora mais ainda, Prefeitura de Jacareacanga, se as escolas do município a maioria não tem merenda escolar, materiais didáticos e pedagógicos e até... Pasmem! Carteiras para as crianças tomarem assento? Veja  imagem abaixo  da Escola Kabá Cu~go na região do Rio das Tropas (Aldeia Igarapé Preto do  Capitão Roberto Valdir kaba)  A Identificação da Escola e encaminhamento da foto foi de um professor indígena. (Veja o Flagrante fotográfico)

Uma imagem atormentadora - Crianças sem tomarem assento, ajoelhadas para alcançarem o banco coletivo que usam como carteiras (Compadecido diante do descaso criminoso o professor, tentou forrar com o finíssimo TNT  o chão, para não lesionar os joelhos da petizada... e se fosse seu filho como você reagiria?

PROJETO SOBRE SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA – De onde sairá recursos para fazer sistema de captação e distribuição de águas se na própria sede do município o bairro mais populoso a INVASÃO, se distribui águas em carros-pipa? Também tendo problemas de abastecimento outros Bairros da cidade. 

PROJETO SOBRE ELETRIFICAÇÃO DA COMUNIDADE – Os recursos para fazer a distribuição de postes,  extensão da rede elétrica e aquisição do  Grupo gerador, seria custeado por quem se em frente da cidade de Jacareacanga nas aldeias à margem direita do Tapajós a Prefeitura não garante colocar luz elétrica?

OUTROS PROJETOS -  O que mesmo o Prefeito encontra-se fazendo em outras áreas de atuação que você pode certificar-se e  qual o beneficio que a  generosidade de Sua Excelência poderia estender ao rico município de Maués?

Revisto-me  de ousadia para dizer com segurança em defesa da municipalidade e isso é de domínio público na cidade que  na verdade  tentou-se fazer mesmo em Maués não foi nada para auxiliar a necessitada Comunidade Pedro Colares com "inventados" projetos supramencionados e sim o intuito era  encarar o Gestor do Município para menosprezando a inteligência, honradez daquela autoridade, ser discutido cooperação entre os municípios (Somente discutido... entenda-se fazer CAPA) no que tange ajuda à comunidade passando pelos fictícios "projetos inventados" até chegar  ao âmago da questão;  relativo ao crime ambiental feito pela Prefeitura de Jacareacanga que foi a abertura da estrada,  para através de uma maquiavélica maquiagem tirar a pressão da Gestão de Valdo do Posto, por  ter feito uma estrada no interior do Amazonas e jogar para assumir a responsabilidade solidária o Gestor Amazonense.

Já imaginou a Prefeitura de Maués assumir a responsabilidade da abertura da estrada que é no interior de seu município? Seria ótimo para a Prefeitura e Câmara de Jacareacanga, e pergunto:

Será que o Prefeito de Maués se responsabilizaria por responder diante do ICMBio, Governo Estadual do Amazonas, além dos órgãos de controle e ainda  de fiscalização, sobre a  inexistência  do Estudo de Impacto Ambiental (EIA RIMA) de uma estrada clandestina de quase 100 km? 

Se conseguisse o que é impossível isso acontecer, Valdo do Posto sairia isento de responsabilidade do Certame Licitatório (que não ocorreu)  para a construção da estrada, com pagamentos para uma obra que durou quase quatro meses e isento também seria  de outras responsabilidades concernentes ao problema criado. Tambem seria livrado a cara do Presidente da Câmara Giovani Kabá e mais três Vereadores  que esquecendo-se de trabalhar em defesa da coletividade  fiscalizando a Prefeitura apoiaram a construção de uma inescrupulosa obra, construída em outro estado, e em desacordo com a legislação que rege a matéria.

Estreitando sobre o assunto conversas com dois vereadores de Maués, e a suposta investida sobre o Prefeito da cidade Amazonense que redundou fracassada, afirmaram que seria impossível qualquer conversa com o Prefeito com interesses escusos e que ele nem receberia a pessoa com essa intenção, como não recebeu, disse que o prefeito tem êxito no desenvolvimento de seu município, ja sendo de   segundo mandato, antes Vereador, fazendo uma administração pautada por cuidados e cautelas de ordens legais e que toda questão embasada e doutrinada por arcabouços legais e específicos, utiliza-se sempre  de sua assessoria jurídica, não fazendo nada sem esse pertinente e eficaz apoio. Sobre questão de ordem ambiental citando como exemplo  algo que possa impactar o meio ambiente tem suporte de orientação do Organismo Ambiental do Estado. Falou por fim o outro Vereador que com certeza o Prefeito determinará uma comissão de sindicância para apurar responsabilidade e acionará o ICMBio para  a execução de suas ações e competência sobre a abertura da estrada

Como dispõe o dito popular já tão desgastado mas que cabe bem,  aplicar  na ação desastrosa da Prefeitura de Jacareacanga que para consertar a c*** que fez, justifica um erro com outro. "M**** quanto mais mexe mais fede!"

Enquanto faz-se uma viagem que antecipadamente já se desconfiava que seria inócua não produzindo efeito algum, onerando o tesouro municipal com pagamentos de diárias e passagens  indevidamente para a finalidade desenvolvida, diante dos resultados ja esperados, que somente serviram para se conhecer  a China da Amazônia  e ainda como ninguém é de ferro tirar umas selfs, afinal o bonito, o lazer, foram feitos para se mostrar, mesmo que ao redor haja gemidos dos necessitados de verdade, não seria mais certo e honesto devolver ao erário publico?

Fotos na Feira, Aeroportos de Manaus e Porto Velho extraída da interne



Temos mais informações sobre o assunto em tela, em próxima  postagem poderemos registrar e ser mais extenso.