ABAETETUBA

A mulher estava sendo procurada desde o dia 9 de fevereiro e vai responder pelo crime de tortura.

 terça-feira, 22/02/2022, 10:20 - Atualizado em 22/02/2022, 12:03 -  Autor: Wesley Rabelo com informações de Daniela Condurú/RBATV


Constranger alguém com emprego de violência ou grave ameaça, causando sofrimento físico ou mental é considerado tortura pelo Código Penal Brasileiro e tem pena prevista de 2 a 8 anos. O crime é inafiançável e insustentável de graça ou anistia.

Pará: mulher agride e corta o cabelo de amante na rua 

Monique Costa Cardoso foi presa na última segunda-feira (21), pela Polícia Civil, em Abaetetuba, no nordeste paraense. A mulher estava sendo procurada desde o dia 9 de fevereiro, após ter agredido e cortado o cabelo de uma mulher, que seria amante do marido. 

Segundo a agressora, a vítima "estava tendo um caso com seu esposo", que seria um policial militar. 

RELEMBRE

Nas imagens  registradas por câmeras de segurança, é possível ver Monique desferindo socos e tapas. A agressora ainda chega a cortar o cabelo da jovem. 

Nas imagens, Monique, que trabalha como digital influencer na cidade, ataca a jovem enquanto a mesma caminhava pela rua. Usando um objeto, provavelmente uma tesoura, a agressora começa a cortar os cabelos da mulher, que também é atingida em diversas partes do corpo.  

A vítima foi socorrida por populares que passavam pelo local. A agressora foge usando uma motocicleta.