AMAZONAS

Criminosos espancaram homem antes de ser morto e queimado junto com a família em chacina no Amazonas.

 quarta-feira, 06/04/2022, 12:02 - Atualizado em 06/04/2022, 12:02 -  Autor: Com informações do D24AM

 Homem e família foram mortos por tribunal do crime. | ( Reprodução )

A atuação de "tribunais do crime" tem se intensificado em regiões onde a criminalidade tomou conta da situação. Organizações criminosas impõem suas regras e, quem ousar desobedecê-las, sofrerá terríveis consequências.

Ney Rodrigues de Oliveira, 27, foi espancado pelo ‘tribunal do crime’, antes de ser morto e queimado junto com a família em chacina no Lago do Jacaré, zona rural de Manacapuru, localidade que fica a 68 quilômetros de Manaus, no Amazonas.

Ex-PM é condenado a 84 anos por chacina do Outeiro

Veja o vídeo: homem é morto a tiros no Castanheira

Vídeo: PM é baleado com arma caseira; criminoso morre

As imagens mostram Ney apanhando com pauladas desferidas por três homens. O homem grita, mas os agressores não param. A medida seria uma "correção" dos criminosos como um aviso para que o mesmo não cometesse roubos na área.

CHACINA

O homem, a mãe e mais dois irmãos foram mortos e queimados na última terça-feira (29) após as famílias receberem ameaça dos criminosos.

Na manhã de 31 de março, dois suspeitos no crime morreram durante confronto com a polícia e uma pessoa foi presa na ação.

A Polícia Civil do município informou que as investigações iniciais apontam para uma possível vingança como motivação do crime, já que Ney era suspeito de ter esfaqueado um homem identificado como Josué Silva dos Santos (vulgo China) durante uma briga.

Confira o vídeo a seguir: