HORROR

Homem é preso por estuprar a própria filha no Marajó

A mãe da adolescente sabia de toda a situação e obrigava a menor a fazer uso de anticoncepcionais para evitar engravidar do pai

 quinta-feira, 05/05/2022, 18:16 - Atualizado em 05/05/2022, 18:53 -  Autor: Paula Marrocos com informações de Marcos Onias

 Gleisiarte Martins dos Santos abusava da filha desde que ela tinha oito anos | ( Reprodução )


Um homem foi preso, acusado de estuprar a própria filha, no município de Breves, na ilha do Marajó, no  Pará. Segundo informações de Policiais da Superintendência Regional de Polícia Civil (Sudepol), que efetuaram a prisão. 

Ainda segundo a polícia, a menina de apenas 14 anos já sofria os abusos há pelo menos seis anos. A adolescente chegou na escola em que estuda, nesta quarta-feira (04), chorando muito o que deixou os professores em alerta. Ao ser indagada sobre o que estaria acontecendo, a menor alegou que estava sofrendo abusos sexuais por parte de seu pai.

A adolescente também revelou que fazia uso de anticoncepcionais, sem nenhuma prescrição médica, obrigada pela mãe Nalzani Oliveira, que sabia de toda situação. Segundo a menina, o medo da genitora era de que ela engravidasse do próprio pai.

Com a denúncia feita pela jovem, a coordenadora do estabelecimento de ensino acionou o conselho tutelar, que levou o caso à polícia. Com isso, a menina foi levada para realizar exames, que comprovaram os abusos sofridos por ela. 

Com a confirmação, a polícia realizou imediatamente a prisão de Gleisiarte Martins dos Santos, que estava em sua residência no momento da abordagem. Na casa também foi encontrado o anticoncepcional que a jovem era obrigada a usar.

O acusado foi conduzido e apresentado imediatamente na Unidade Policial do local e, agora, está à disposição da justiça.