Coordenador Arthur  Regional estaria demissionário


JACAREACANGA (PA), 25.05.2022 -  Com informações diretamente  de Brasília/DF através de fontes  oficiosas, chega a informação que o Coordenador Regional da Funai de Itaituba, estaria exonerado de sua função, sem razões que se justifiquem  e  sem revelar-se seu substituto legal.

Fato é que o Prefeito Municipal e o Presidente do Poder Legislativo, VALDO DO POSTO e GIOVANI KABÁ respectivamente anunciam suas presenças na Capital Federal e hoje estiveram  com congressistas no Congresso Nacional em busca de apoio e descentralização de recursos para o  aplicar na infraestrutura da sede do município, como também  os dois representantes do município de Jacareacanga  que já estão de retorno para nossa região, estiveram na Funai em Brasília, e  mesmo assim alegam desconhecer se realmente foi publicada alguma Portaria que trate da exoneração do Coordenador José Arthur Macedo Leal  que  como titular do cargo de gerenciamento da Funai, fazia com sua equipe uma verdadeira  engenharia financeira  para aplicar a minguada disponibilidade orçamentária/financeira para administrar a gestão do indigenismo  na região do Tapajós.

Soa sobretudo estranho essa provável exoneração coincidir com a presença do Prefeito Valdo e Presidente do Poder Legislativo na Sede da Funai em Brasília.

A informação foi repassada por um jovem indígena que mostra seu descontentamento com esse fato que surpreende mesmo,  uma vez que antes  de se nomear alguém  para Coordenar o Organismo Indigenista Federal, para o fiel  cumprimento da garantia dos direitos indígenas, tão negligenciados, como até na Prefeitura já há vários dias ocorre esse abandono da causa indígena, tem que ser precedido de entendimentos com a Associação Pusuru, e no âmbito politico com o Vice Prefeito Valmar Kabá, que não foi convidado para a viagem e conforme reclames do estudante universitário, assuntos diretamente que afetam ao indígena e seus interesses  coletivos, que relacionam-se  com os Pariw'at, primordialmente deve ser conduzido pela Pusuru e o Vice-Prefeito e podem estar sendo tratados  propriamente pelo Prefeito e o Presidente da Câmara. Pelo andar da carruagem Valmar Kabá  que era tratado como um carta coringa que ganhava-se mais facilmente o jogo, hoje é tratado como  uma carta fora do baralho. - acrescenta o estudante e pergunta:

Parece para nós muito estranho essa retirada do Arthur da Funai no dia que o Prefeito e o Presidente da Câmara visitam a Funai em Brasilia não é? 

O Vereador Giovani em mensagem direcionada aos seus líderes justificou, quando indagado o que sabia sobre a Portaria de exoneração do servidor, disse  que procurou se informar a respeito do assunto porém não obteve êxito e sobre a nomeação de qualquer pessoa Pariw'at para ser o Coordenador Regional da Funai  em substituição ao ora especulado como exonerado, disse que nada sabe sobre nomeação alguma e recomendou calma pois  disse que poderá reverter  essa nomeação  e retornar à  Brasília para pedir novamente a nomeação de Arthur Macedo.

O Acadêmico indígena ponderou que a cada dia as coisas estão ficando mais difíceis para seu povo com o atual governo municipal  que guardavam muita expectativa  e em todas as necessidades, e agora somente dificuldades  aparecem, citou como exemplo no dia de ontem,  quando encaminhou uma tia sua, anciã, para diretamente falar com a Senhora Secretária de Ação Social, a primeira dama, e a mesma não encontra-se em seu local de trabalho, e até os servidores da Secretária  não sabiam ou não informaram o seu paradeiro, pode até ser que estivesse escondida para não atender a velha,  vê que as coisas não estão também bem pela Secretaria de Ação social pois até trabalhos de assistências sociais nunca mais teve programação alguma. - finalizou o estudante.