JACAREACANGA(PA), 26.05.2022MARTIM CORREIA DE FREITAS, conforme  Portaria de nomeação supra identificada, foi nomeado ao cargo de confiança de Coordenador da Funai Tapajós em Itaituba, em substituição ao Indigenista  José Arthur Macedo que estava  já a bastante tempo na titularidade da Coordenação como substituto do cargo de Coordenador Geral, unidade  do Tapajós em Itaituba.

Arthur viveu momentos angustiantes  com as operações de repressão às atividades garimpeiras em Terras Indigenas do Povo Munduruku, quando de forma grotesca foi acusado de estar colaborando com a ocupação irregular. Na verdade o Indigenista manteve um papel de tentar serenar e conciliar os indígenas pró e contra a garimpagem para não entrarem em rota de colisão, e não se registra que estaria defendendo a garimpagem, e sim recomendando que fizessem uso dos direitos que os garimpeiros julgassem ter sobre a atividade considerada ilegal. Arthur  foi vítima do sistema e os indígenas Munduruku perdem  sem dúvida um referencial de apoio na trôpega Funai que sobrevive somente com o nome.

A indicação presente, vai impactar o seio da unidade tribal Munduruku, pois não foram consultados sobre a indicação do novo Coordenador que pelo nome, e aptidão não se conhece seu trabalho e de onde origina-se sua indicação irão questionar a nomeação e dificilmente se equilibrará no cargo. Os indígenas considerarão intromissão descabivel nomear uma pessoa desconhecida e irão resistir em não aceitar.

Conforme documento, copia da publicação no Diário Oficial da União, a nomeação ocorreu dia 24.05.2022 coincidindo no mesmo dia em que o Prefeito Valdo e o Presidente do Poder Legislativo Giovani Kabá foram recebidos  na Funai em Brasília, e Giovani em postagem anterior (26.05) ao ser indagado sobre conversas da exoneração de Arthur Macedo, como sempre usando a mídia, reportou-se aos seus líderes ao ser questionado, garantindo-lhes que  não tomou conhecimento dessa situação no âmbito da Funai. Será Excelência?

Soa muito estranho isso!

Fui despertado neste dia, com informação através de redes sociais, que o intento da mudança é o aparelhamento do sistema de governança (Executivo e Legislativo) em Jacareacanga, visando as eleições  vindouras e principalmente as eleições municipais. O povo tem a imaginação fértil, e deve ser respeitado.