Ver. Neumar Xavier -  faz grave denúncia que precisa ser apurada


JACAREACANGA, PA 21.05.2022 -  O Vereador Neumar Xavier visivelmente contrariado com algumas mazelas que se somam  aos assombrosos casos de malversação de recursos na Prefeitura Municipal, fartamente anunciados  em redes sociais e principalmente no Facebook por um domínio virtual  denominado VERITAS, que na verdade agiganta-se em defesa da municipalidade; em Sessão cameral fazendo uso da Tribuna discorreu sobre alguns problemas que estão ocorrendo no município.

SAÚDE - Reportou-se sobre situação que está ocorrendo no Hospital Municipal em que determinado aparelho de Bioquímica encontra-se em Santarém para recuperação dificultando se fazer exames e diagnósticos  de doenças. O parlamentar criticou o trabalho do Secretário que "estaria deixando à desejar" sem esclarecer as razões de sua critica. - Há de se entender que o Vereador não nutre  simpatia pelo Secretário, muito provavelmente devido alguma questão de ordem pessoal, que culminou em determinado momento quando estava na interinidade do cargo de Prefeito, exonerar o Secretário sem razão aparente, que imediatamente retornando ao município o Prefeito tornou nula e extinta  a portaria. Reporto-me sobre uma provável  motivação por questão pessoal considerando que o Secretário Alan Simon, é um dos Secretários mais bem avaliados do Governo Municipal, com comprovada capacidade de gerenciamento de sua pasta dentro das limitações que a saúde impõe a toda federação e uma pessoa de grande interação com o povo através das redes sociais, aproximando satisfatoriamente a Gestão da Saúde de seu público-alvo.

ABASTECIMENTO DE AGUA - Xavier é só mais um vereador que convoca reuniões no Bairro União para versar sobre abastecimento de agua no vasto e populoso aglomerado humano. Reportou-se o nobre edil  que convidou os comunitários do bairro para uma nova e decidida reunião, e que fora designado pelo Prefeito Municipal  para declarar de forma conclusiva o assunto, marcando dia e hora para ser solucionado definitivamente  o problema de abastecimento de agua no local. Decorrido o prazo estabelecido pelo Prefeito, que pediu ao Vereador celebrar a promessa e compromisso com o povo em seu nome, o mesmo não cumpriu seu compromisso e por isso sente-se constrangido e envergonhado por mentir  sobre uma "verdade" do Prefeito que só faz mesmo é mentir para a população. Declarou que deveria ser responsável solidário com o prefeito por mentir, é o Engenheiro Clayton, que faz o que quer com aquele sofrido povo esquivando de concluir o trabalho para o qual foi contratado a fazer.

...No momento eu me sinto envergonhado por ter assumido um compromisso em que o prefeito mandou informar  por mim aos comunitários do Bairro União sobre a solução definitiva para o problema da distribuição de água e que na verdade  a mentira foi do Prefeito e que continua a mentir  - vociferou o vereador Xavier

SEGURANÇA PÚBLICA/PINTANDO O SETE  - o vereador  denunciou que uma professora foi tomada de assalto por um meliante de prenome EDUARDO e que teve roubado algumas joias e celular de sua propriedade, e que também outra pessoa foi  assaltada pelo mesmo marginal e mesmo temendo retaliação  encorajou-se a fazer  Boletim de Ocorrência na Permanência da Delegacia de Policia Civil e logo o assaltante foi preso. Convidadas a fazerem o reconhecimento  do "inimigo da lei" cujas,  ambas senhoras reconheceram-no como o  ladrão, se surpreenderam pouco tempo depois com o  meliante  já em liberdade à solta nas vias públicas  sem justificativa plausível. Confessa o vereador como tribuno,  que tem conhecimento que o  cidadão alcunhado como SETE e que não pertence ao quadro de Policia Civil deixou de trabalhar na PC por não pertencer aos seus quadros funcionais, e estranhamente retornou ao mesmo trabalho de Escrivão "Ad-hoc", sem remuneração, contrariando disposição e determinação de ordem legal.

Tal voluntariedade em trabalhar sem salário, de graça, mostra que aquele local é um garimpo sem malária e nós não podemos admitir essa situação, e nós temos que tomar providências - Completou o nobre Vereador

Eu ja falei e volto a falar  enquanto o SETE estiver na delegacia  a tendência é aumentar a bandidagem  em Jacareacanga, porque ali é um local para trabalhar não para ficar ganhando dinheiro extorquindo, tanto é que tinha outro elemento recolhido no xadrez e ele cobrou dois mil reais da senhora parente do preso para liberá-lo e eu estou aqui com o comprovante e ela pagou só que não foi na conta dele, foi na conta de um terceiro, isso comprova que um elemento desse não dá para trabalhar em nosso meio.  - Concluiu o Vereador Neumar Xavier

MAMÃE-ANÃ/ENERGIA ELÉTRICA - Reporta-se o Vereador que O líder comunitário da comunidade, contratado para apoio aos trabalhos de interesse comunitário, não encontra-se executando sua responsabilidade, pois constantemente as árvores que passam sobre  a rede elétrica com ventanias frequentes nesta época   desligam e danificam o sistema da rede de extensão advindo o apagão,  e as canelas de interligação devem ser substituídas, e que a liderança deveria substituir imediatamente as mesmas para a comunidade não ficar sem o beneficio de contar com energia. Enquanto o vereador determina que se desligar as "canelas" cem vezes, uma centena de vezes deve ser imediatamente religada;  justifica-se o Presidente da  Comunitário aos moradores da localidade, que quando ocorrer ventanias que possam desligar o sistema, não irá religar, até passarem os ventos,  pois precisa-se que algumas árvores sejam podadas para não estarem atingindo o rede elétrica provocando curtos-circuitos e a comunidade ter maior prejuízo; encerrando sua participação na Tribuna, o vereador acrescentou que o cidadão Presidente da Comunitário não quer trabalhar e apenas  auferir seu  salário.

-O RP para fazer justiça ao nobre Líder Comunitário que deve ganhar bem com o salário e outros proventos e que deve atingir a estratosférica cifra de UM SALÁRIO MINIMO, pergunta ao nobre Vereador:

  1. É responsabilidade do Líder Comunitário cortar árvores, cujas copas,  alcançam a rede elétrica? não seria da Empresa Equatorial ou suas terceirizadas a responsabilidade?
  2. O Servidor da Comunidade, encontra-se autorizado pela empresa  a intervir em um delicado sistema dessa natureza sem qualificação adequada? -  Lembrando que em gestão passada já pereceu eletrocutado em via publica de Jacareacanga um servidor treinado para a finalidade e imagina o que pode-se ocorrer com um leigo no assunto.
  3. A Empresa Equatorial ou suas terceirizadas se responsabiliza ser manuseando o sistema por pessoa que não tenha capacidade profissional e nem autorização para tal e que  intervenha no sistema, mesmo por necessidade da comunidade? 
  4. O Líder Comunitário que deve ser chamado à Câmara já foi oferecido um curso e já foi disponibilizado Equipamento de Proteção Individual para mobilizar ações para fazer reparação na rede elétrica?

De verdade, tem muita barbeiragem em Jacareacanga! - Qualquer coisa, da Tribuna, com a propagação da transmissão do sistema de radiofusão, os nobres edis para impressionarem muito provavelmente seus eleitores esbravejam sob as oiças do radio-ouvinte:

"Vamos convidar/convocar  fulano de tal para vim aqui... A Q U I !" 

De Câmara Municipal, a Casa de Leis está sendo transformada em um Tribunal de Nuremberg ou Tribunal de Talião? -VAMOS TRABALHAR GENTE, VAMOS FISCALIZAR. Coisas nebulosas os nobres vereadores trupicam todo dia, porém a visão mental não permite enxergarem!

_____Remendo RP

Para garantir direito ao contraditório ao ter seu nome citado pelo Vereador Xavier o Blog recebeu a seguinte mensagem da parte do Senhor Secretparuio de Saúde do município, que transcrevemos na íntegra:

Ao Site Rastilho de Pólvora

Bom, pra informar o Sr sabe da rixa criada por ele pelo fato de eu não compactuar com determinadas atitudes do vereador, então quando ele fala dos equipamentos do hmj, em nenhum momento estamos deixando a desejar, muito pelo contrário, o equipamento foi para manutenção e vamos trocar por um mais potente que tem uma amplitude maior de quantidade de exames, pois nossa demanda tem aumentado. Mesmo sem o aparelho não deixamos de atender as necessidades da população pois contratamos temporariamente um laboratório particular pra nenhum usuário ficar de fora sem exame. 

Assinado

Alan Simon - Secretário Municipal de Saúde