Portal OESTADONET - 24/06/2022

Luan David Pelaes Palheta, chefe da UCA, está preso em Santarém aguardando transferência pro Amapá - Créditos: Portal OESTADONET

O criminoso Luan David Pelaes Palheta, apontado pela polícia como líder de uma das facções criminosas mais perigosas da região Norte, sediada no Estado do Amapá, foi preso em Santarém, no oeste do Pará. A prisão de Luan foi feita por policiais do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI), da Polícia Civil do Pará, no bairro Caranazal, em uma residência alugada. Ele é apontado como chefão da organização denominada 'União dos Criminosos do Amapá', conhecida pela sigla ‘UCA’, rival na capital amapaense do famigerado ‘Comando Vermelho’.

 

Ele se encontra recolhido no Centro de Triagem Masculina de Santarém (CTMS), Complexo Penitenciário localizado na comunidade de Cucurunã, aguardando ordem judicial para ser transferido para o estado do Amapá.

 

Luan David foi preso em cumprimento a mandado de prisão expedido pela Justiça do Estado do Amapá, no âmbito da operação 'Operação Stopping Power', deflagrada nesta quinta-feira (23), no Amapá, para combater o comércio ilegal de armas de fogo e munições.

 

A operação ‘Operação Stopping Power’ ocorreu de forma simultânea nos estados do Amapá e Pará e teve como foco criminosos que atuam em Macapá. Três deles estavam em outras cidades, um em Vitória do Jari, e outros dois no Pará, em Ananindeua e em Santarém. 

 

Além do comércio ilegal de armas, a operação policial teve como objetivo também combater o tráfico de drogas e roubos na região. Ao todo, foram cumpridos 27 mandados, sendo 14 de busca e apreensão, 13 de prisão preventiva e um de sequestro de bem.

 

Diversas contas bancárias foram bloqueadas.

 

De acordo com a investigação da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO), um dos membros da ‘Orcrim’ é sócio de um clube de tiro de Macapá e, além de realizar o comércio ilegal de armas de fogo, também passava os endereços de clientes do clube para serem furtados ou roubados pela organização criminosa.