Ela ficou com o rosto ensanguentado depois da agressão, que foi filmada por outra funcionária. O homem desferiu socos e chutes contra a procuradora em Registro

Ela ficou com o rosto ensanguentado.  A procuradora-geral do município paulista de Registro, Gabriela Samadello Monteiro de Barros, de 39 anos, foi agredida por um colega, Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos, dentro da prefeitura, onde trabalham.depois da agressão, que foi filmada por outra funcionária. O homem desferiu socos e chutes contra a procuradora.

Segundo o G1, a agressão aconteceu na tarde da última segunda-feira, 20, e teria sido motivada pela abertura de um processo administrativo contra o homem por conta de sua postura no ambiente de trabalho.

Um boletim de ocorrência (BO) sobre o caso foi registrado no 1º Distrito Policial (DP) do município, de acordo com a reportagem.

veja o vídeo com as cenas covardes, clicando 👉AQUI