CENSO 2022     -   DEPOPULAÇÃO PREOCUPA AUT0RIDADES DO MUNICIPIO

JACAREACANGA(PA), 26.06.2022  -  Apesar  de ser  um vasto município em extensão territorial,  a densidade populacional de Jacareacanga  encontra-se concentrada na sede do município, Terras Indígenas Sai Cinza e Munduruku e região garimpeira além de poucas comunidades ribeirinhas que detém vocação agrícola rudimentar e com baixo registro populacional nessas localidade. No Censo/2.010 o IBGE  registrou pouco mais de 14 mil pessoas  constituindo a população do município, onde esse numero com certeza hoje, soma simplesmente a população indígena; no entanto através de buscas e manobras jurídicas  de iniciativa dos  Poderes Executivo e Legislativo, devido a drástica redução encontrada pelo IBGE, e considerando a luta  para se garantir o quinhão integral do Fundo de Participação dos Município, Jacareacanga triunfou  através de decisão liminar  nunca contestada, para que fosse garantida a contagem populacional apontada por recenciamento ocorrido anterior ao ano de 2.010 que apontava 42 mil pessoas, parte integrante da municipalidade;  onde a contagem por esperteza dos gestores da época eram efetuadas  através de "visões espirituais"  e os nomes  das pessoas, manuscritas, retirando de agenda telefônica do estado do Mato Grosso. Hoje  com o advento do GPS e com o suporte do Google e ainda considerando o êxodo  que está ocorrendo da região garimpeira e sede do município com a desmobilização do garimpos do Alto Tapajós, o fenômeno da depopulação do município ficará evidente e assustará as nossas autoridades municipais, e se consituirá em  um trabalho árduo e  miraculoso  revirar toda a vasta extensão do município para se contar in-loco pessoas que somem pelo menos 30 mil. Com tal contagem supostamente confirmada, haverá uma queda drástica com a  redução de repasses  que obrigará até o Poder Legislativo perder dois valorosos Vereadores fiscalizadores de nosso erário público. 

VALMAR ABANDONADO NA GLEBA SÃO BENEDITO. SERIA CASTIGO?

Uma das lideranças da Associação legalmente constituída que luta pelos direitos do povo que concentra-se na Gleba São Benedito, em contato via telefone com o Blog, agradecendo a cobertura de uma reunião com representantes da Gestão Municipal  meses passados e que reclamavam de promessas não cumpridas, reportou-se que as promessas estão sendo cumpridas a passo de cágado, mostrando que pouca coisa mudou. Considera o representante comunitário, que apesar do ânimo em fazer algo  como representante da Prefeitura de Jacareacanga através do servidor Clebson Teté, que mostra iniciativa em seus trabalhos, essas ações do servidor da prefeitura  são limitadas pois  falta-lhe apoio. Exemplificando, confessa um dos coordenadores da Associação da Gleba que até o Vice Prefeito Valmar Munduruku, é desrespeitado, pois em reunião prometeu acompanhar a evolução dos trabalhos de iniciativa da Prefeitura  e para mostrar seu compromisso o Vice Prefeito encontra-se na Gleba conforme prometera, porém asseverou que de nada adianta o Vice Prefeito encontrar-se lá, se a Prefeitura não mandou nenhum material solicitado para os trabalhos da escola. 

TIRO NO PÉ DE RAIMUNDO SANTIAGO E A RECEPÇÃO OU DECEPÇÃO DE ZEQUINHA MARINHO

Talvez o RP esteja usando força de expressão para mostrar que Jacareacanga  mesmo não sendo a "menina dos olhos" do Senador Zequinha Marinho, na certa é um puxadinho do Gabinete de Sua Excelência já que todo o roteiro que faz em suas andanças pelo Pará, Jacareacanga encontra-se  como destino prioritário, pois Zequinha constitui-se como o Senador que mais vezes esteve visitando nosso município e através do mesmo e sua digna esposa quando foi Deputada Federal, destinou ao município  grandes  investimentos. 

A cidade, a questão indígena, o pujante e crescente evangelismo  da Assembleia de Deus e outras igrejas atraem o politico que hoje expressa-se mais ainda como candidato a Governador do Pará disputando a atenção dos eleitores contra o contestado Helder Barbalho, garoto propaganda contra a divisão do estado.

O senador da República Zequinha destinou apoio insofismável para o município através da administração do Prefeito Raimundo Batista Santiago e do qual  empenhou-se em sua reeleição através de apoio politico, sem conseguir seu intento. Passado algum tempo o Ex-Prefeito Raimundo Batista Santiago o Raimundinho ao que parece de forma precoce,  vai saindo da vida pública e cenário político, já que depois de sua fragorosa derrota para o hoje contestadíssimo Valdo do Posto, nunca reuniu seu grupo para juntar os cacos e tentar remendá-lo, sacudindo a poeira tentando dar a volta por cima,  e o partido PSC que abrigou Raimundinho  para concorrer ao pleito politico o qual preside no momento ao que parece encontra-se à deriva, sujeito até a  ser  direcionado para outro politico destinatário, uma vez que o principal mantenedor do partido como um considerável sigla partidária Zequinha Marinho ressentiu-se ultimamente da falta de organização partidária no município.

Soou estranho às oiças  e vistas do nobre Senador, que se apresentou na semana passada no município acompanhado de forte séquito de apoiadores que encontram-se em pré-campanha apoiando a candidatura do Senador, a tosca recepção que o politico de expressão nacional teve quando chegou ao aeroporto e procurando não encontrou para recebê-lo o ex-prefeito Raimundo Santiago, somente chegando a justificativa  que o mesmo não se fazia presente devido estar indisposto acometido de uma virose. 

É notório, segundo alguns aliados do ex-prefeito Santiago que o mesmo demonstra  estar gradativamente se retirando da politica, pois em condições normais seria impensável deixar de recepcionar  o Senador da República sua incontestável referencia politica de nível nacional. -Um tiro no próprio pé! - comemora um opositor.

Raimundo Batista Santiago, teve grandes méritos enquanto Gestor Municipal, mesmo sua gestão como tantas outras tendo sido permeada de pontos fracos e fortes. É fácil entender que muitas pessoas guardam esperanças que retorne à vida pública e concorra novamente ao Paço Municipal, mesmo grande parte  de seus apoiadores, declararem sempre que encaram  uma nova tentativa dele ser prefeito com muita ressalva e desconfiança, já que poderia querer contar  com as mesmas pessoas e assessores que  contribuíram com sua derrocada na última eleição.

É fácil recordar e isso é notório e peculiar em Raimundo Santiago, que a versatilidade com os costumes  vicissitudes do jogo politico não encontram-se impregnados na constituição intelectual, mental e física  dele, e pela falta de não ser nutrido desses dotes necessários no cotidiano de um politico vitorioso teria muitas dificuldades em implementar um retorno e sair-se vitorioso. Primeiro teria que reconquistar a confiança de muita gente que sempre torceram pelo politico e se colocam hoje sob a aura da desconfiança.

Relacionam-se três  frases que distanciam até aliados dele, que profere  sempre justificando o revés que sofreu na última eleição:
  • -Esses votos que recebi, foram somente os votos que eu sempre tinha, nesses votos não tem votos de ninguém que me ajudou, somente os meus!
  • -Eu não quero coligação com partido algum, eu tenho meus votos garantidos!
  • -Fazer visitas na casa de quem pra pedir votos? eles conhecem meu trabalho, viram o que fiz, votam se quiser.

 VIATURA ALUGADA PELA PMJ  EM VOO CEGO NOTURNO COLIDE E MATA INDÍGENAS EM MOTOCICLETA

Trágico  e violento acidente, envolvendo uma Caminhonete alugada para a Prefeitura Municipal de Jacareacanga, cuja colidiu frontalmente com uma motocicleta conduzida por dois indígenas próximo ao Trevo local da entrada da cidade e de convergência  de quem chega  na cidade de Apui no Amazonas e Itaituba, que tiveram morte instantânea.

Até o momento não se identificou o nome do condutor da Caminhonete da Prefeitura, que estaria se dirigindo para a localidade de Ramal do Bena localizado no Estado do Amazonas, distante 100 quilômetros da cidade de Jacareacanga onde estaria ocorrendo festejos alusivos aos folguedos juninos e simultaneamente comemoração de aniversário.

Com certeza a Prefeitura através de sua assessoria jurídica deverá instaurar procedimento de sindicância para apurar responsabilidades para elucidar o que  fazia um carro oficial, mesmo sendo alugado encontrar-se oficialmente servindo à municipalidade através da Prefeitura, sendo deslocada para participação de pessoas em festa e na parte noturna fora do expediente.

Caso não ocorra a instauração do procedimento para justificar a utilização do veiculo que deve ser utilizado exclusivamente em serviço de interesses institucional, obriga-se o titular do RP fazer buscas ao MPPA para instaurar procedimento de investigação.

COMISSÃO DE RECEPÇÃO DO GOVERNO VALDO DO POSTO SOFRÍVEL  E ALOPRADA - O VENTRÍLOQUO  DO BONECO FAZENDO FALTA
A prefeitura de Jacareacanga tem mesmo um cerimonial para suas atividades politicas e sociais? -  Custa-se muito a crer-se nisso! haja vista a desorganização, para se minimizar nosso vocabulário e não se falar a palavra  avacalhação,  por ocasião da recepção de uma autoridade  que se apresenta no município. Não somente assessores maltrapilhos, mas com linguajares inapropriados para o momento, e ao invés dos assessores  abrirem espaços para  os moradores se aproximarem das autoridades, esses se amontoam em torno das autoridades e até ofuscando a presença do Prefeito, que muitas vezes é afastado do contato por ocupação de seu espaço por assessor que nada tem a ver com  recepção, e está ali somente para querer ter vinculo com a autoridade recepcionada e até quem sabe, se exibir através de  uma self!

Nada se soma  para a valorização do Prefeito nesses encontros  em que o seu cerimonial ou assessoria de Gabinete sequer relaciona em um papel amassado o nome das autoridades recepcionadas para o cumprimento formal por parte do prefeito, e que com essa omissão arma-se arapuca para o gestor que não tem etiqueta politica e sistematicamente  confunde alhos com bugalhos e Pato No Tucupí com Entupí o Cú do Pato.

É por isso que entra em cena um personagem  um tanto desgastado e o Sintepp sentiu na pele isso em discussão do Piso Salarial,  e tanta gente do próprio governo, (imaginem  os opositores),  criticam  a intervenção contumaz do advogado Clebe Rodrigues  sendo o porta-voz onipresente do Prefeito. Clebe que tem voz tonitruante e decide tudo aquilo que Sua Excelência titubeia e como titubeia sempre no final o Prefeito fala o que o Advogado quer dizer, tal qual o boneco do ventríloquo  em perfeita harmonia e simbiose.