Detento do regime semiaberto, beneficiado com saída temporária, é preso após cometer assalto em Santarém

Portal OESTADONET - 14/07/2022

Um detento beneficiado com a saída temporária em Santarém, no oeste do Pará, e outro suspeito não identificado, foram presos, nesta quarta-feira (13), acusados de participarem do assalto a um ‘ferro velho’, no bairro Diamantino. Hemerson Luan Rabelo da Silva deixou o Centro de Recuperação Agrícola ‘Silvio Hall de Moura’, em Cucurunã, na manhã desta quarta-feira, junto com outros detentos. 

 

Desde o ano passado a definição do calendário de liberação de presos para saída temporária passou a ser uma atribuição da SEAP que não concordava com as datas previstas pela Vara de Execuções Penais, alegando que era difícil controlar essas saídas. 

 

Quanto às datas de saídas, essas não são definidas pela Lei de Execução Penal (LEP), 7.210 de 11/07/1984, e cada estado organiza essas datas como melhor lhe convier, respeitando sempre a norma de que todo preso do Regime Semiaberto (que são abrangidos por esse benefício) tem direito a cinco saídas temporárias por sete dias durante o ano, sendo que entre uma saída temporária e outra deve se respeitar o prazo de 45 dias de intervalo.

 

O assalto

 

Hemerson, segundo a polícia, seria um dos criminosos que assaltaram o dono de um ‘ferro velho’, localizado na avenida Hilda Mota, entre as avenidas Marajoara e Tupaiulândia. A dupla estava em uma motocicleta modelo Broz, de cor branca, e rendeu o proprietário do estabelecimento. A vítima, identificada apenas por ‘Seu Jorge’, reagiu e foi agredida com uma coronhada na cabeça. A arma do bandido disparou e o tiro acertou a parede do imóvel. 

 

Os criminosos fugiram levando da vítima cerca de R$ 900, além de celulares. Após o registro do assalto, a polícia saiu em diligência pela cidade atrás dos elementos. 

 

Hemerson foi preso no bairro Interventoria. 

 

Ainda à tarde, a polícia apresentou outro detento, que estava em uma embarcação com destino à cidade de Prainha. Ele foi conduzido à Seccional Urbana, mas liberado em seguida.

 

Vídeos que circularam nas redes sociais mostravam supostos detentos deixando a casa penal em grupos em direção a várias partes da cidade. Muitos deles chegaram ao Residencial Salvação e à ocupação Bela Vista do Juá.